Pai e irmã de Rodolffo defendem o cantor após fala racista no BBB

Equipe do músico revelou que conversará com ele assim que ele sair do reality

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta segunda-feira (06), aconteceu o jogo da discórdia no BBB, e João Luiz acusou Rodolffo de racismo, ao vivo. O sertanejo comparou uma peruca de homem das cavernas com o cabelo black do professor, o que o deixou extremamente triste e abalado.

Pois bem, a irmã do cantor, Izabella Rios saiu em defesa do músico, publicando uma foto do pai, onde aparece com o cabelo black: “Este é meu pai aos 30 anos de idade! Tenho orgulho das minhas origens e tenho certeza que o Rodolffo também! Pautas como essa levantadas são muito importantes! Peço perdão a todos que tenham se magoado com o Rodolffo!! Essa não foi a intenção dele! Estamos em constante evolução”, declarou ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Após boicote de The Weeknd, Cardi B quebra o silêncio sobre o Grammy

O pai do cantor sertanejo, por sua vez, publicou uma foto onde aparece com o cabelo blackpower, com uma longe legenda:

“Sou o Juarez, pai do @irodolffo e da @izabellariosm. Meus pais eram negros, venho de família humilde. Criei meus filhos na simplicidade que fui criado, olhando todos como iguais, ninguém melhor que ninguém. Não estou aqui para dar palestra, pra defender nenhuma teoria ou criar confusão. Mas sou um pai que está vendo o filho sendo atacado de forma desproporcional. A regra é: julgar e cancelar. O que eu ensinei a ele é que sempre devemos aprender. Mesmo aquilo que eu, da forma simples que sempre vivi, não pude ensinar.

O mundo está cheio de juízes, que julgam na mesma velocidade que erram.
Meus amigos me chamavam de “CACHOPA DE ABEIA”, “CHUPÉ”, “CABEÇA DE MICROFONE”, “CARUNCHO”, “ENXAME DE ARAPUÁ”, “FURMIGÃO”, eu não me importava. Isso nunca me colocou pra baixo, nem atingiu meu brilho. E o Rodolffo cresceu assim, onde essas brincadeiras eram comuns e não pra machucar. Hoje em dia a gente não sabe mais o que falar. Eu entendo que o mundo mudou, e que isso é ótimo. E como o mundo não mudou da noite para o dia, o ser humano também está em evolução. É muito triste ver a tentativa de alguns perfis execrarem meu filho, fazer dele um monstro perante o público, mas não vão conseguir. Rodolffo tem um jeito chucro, interiorano, sem maldade, que fala o que vem à mente… Meu filho cresceu livre, começou a trabalhar muito cedo, numa realidade muito diferente dessa que vivemos. Ele é honesto, verdadeiro. E falho como todos nós. Eu vejo meu filho triste, às vezes chorando, pedindo desculpas, pedindo que conversem com ele, procurando melhorar. E seus sentimentos sendo feridos tambem. Força, meu filho! Seu pai sempre estará contigo!”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio