Parada LGBT: Pepita alfineta Patrícia Abravanel após fala homofóbica

A cantora pediu para a apresentadora não opinar em assuntos que não conhece

Publicado em 6/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pepita aproveitou sua participação na Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo, neste domingo (6), para rebater a polêmica fala de Patrícia Abravanel. Na semana passada, durante o programa “Vem Pra Cá”, do SBT, a apresentadora minimizou homofobia e pediu que as pessoas sejam compreensivas com “os conservadores”.

Em seu discurso, Pepita pediu para que Patrícia Abravanel não opine em assuntos que não conhece. “Não fale de vivência se você não teve essa vivência. Não fale de pessoas se você não conhece. Não fale de letras que você não sabe nem se expressar”, começou a cantora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você já me perguntou se eu aceito você como apresentadora de alguma coisa? Você já me perguntou se eu aceito você na minha rede social? Então por que você se acha no direito de opinar na minha vida? O dia que eu precisar de alguma opinião, com com certeza não vai ser a sua”, disparou.

Relembre o que Patrícia Abravanel falou

 Na manhã da última terça-feira (1), ao comentar sobre a polêmica envolvendo Caio Castro e Rafa Kalimann, Patrícia Abravanel declarou:

“Eu acredito que nós, mais velhos, e nós que fomos educados por pais mais conservadores, a gente está aprendendo, a gente está se abrindo, mas eu acho que é um direito também das pessoas respeitarem. Por que não concordar em discordar?”

E ainda disse que não acha que os dois foram preconceituosos ou homofóbicos: “Eu acho que eles realmente foram educados de uma outra maneira. Então, assim como ‘LGDBTYH’, não sei, querem respeito, eu acredito que eles têm que ser mais compreensivos com aqueles que hoje ainda não entendem direito e estão se abrindo pra isso”.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Jão e Mateus Carrilho também se pronunciaram após a declaração

Jão não gostou nada da declaração de Patrícia Abravanel e chamou a filha de Silvio Santos de “burra e tosca” ao compartilhar um vídeo do momento.

Já Mateus Carrilho, que costuma ser bastante ativo contra a LGBTQfobia na web, escreveu: “Patrícia Abravanel, vai se foder! Filhinha de papai ignorante. Respeito e LGBTQfobia são coisas diferentes. E você é só preconceituosa”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio