Paris Hilton
Paris Hilton (FOTO: Reprodução)

Paris Hilton deu uma entrevista onde disse que caso não tivesse passado por traumas na adolescência, ela não teria tido uma sex tape vazada em 2003.

Em uma entrevista à revista People, a socialite contou sobre um abuso que sofreu no internato em que estudou quando tinha 17 anos. Segundo ela, os funcionários da instituição a agrediam física e verbalmente, o que teve um grande impacto na sua saúde mental dela e, consequentemente, nos seus relacionamentos também.

Nesta quinta-feira (03), o site CBS News publicou uma entrevista onde Paris observou que essa situação de abuso se relaciona com o vazamento da sua sex tape com o ex-namorado, Rick Solomon, que ocorreu quando ela tinha 22 anos. “Eu nunca teria deixado alguém assim entrar na minha vida se não tivesse passado por aquelas experiências”, refletiu. “E, portanto, eu nunca teria me colocado nessa situação.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

Ela continuou: “Mas eu só queria tanto o amor. Eu realmente não sabia. Eu fui tão ingênua. E eu confiei na pessoa errada. E isso é algo que vou me arrepender pelo resto da minha vida“.

Sobre os funcionários do internato, Paris Hilton falou: “Eles estavam constantemente me fazendo sentir mal comigo mesma, e faziam bullying comigo. Acho que o objetivo deles era nos derrubar. E eles eram fisicamente abusivos, nos batiam e nos estrangulavam. Eles queriam assustar as crianças para que ficássemos com muito medo de desobedecê-los”, afirmou.

A socialite fala sobre esse trauma no documentário ‘This Is Paris’, que ainda não foi lançado. Entretanto, no trailer ela declara: “Sinto que o mundo inteiro acha que me conhece. Ninguém realmente sabe quem eu sou“, ela diz em uma narração. “[…] Eu mesma não sei quem eu sou às vezes. Eu não costumava ser assim.

Assista: