Ariana Grande
A cantora norte-americana Ariana Grande (FOTO: Divulgação)

A participação de Ariana Grande no funeral de Aretha Franklin está rendendo uma grande polêmica. Internautas e veículos de comunicação internacionais relatam um possível abuso sofrido pela cantora.

Após Ariana Grande cantar “A Natural Woman”, o Pastor Charles Ellis III chama a cantora para o seu lado e logo a abraça. O religioso então dispara uma piada ao começar a falar com Ariana Grande, comparando seu nome com um “item do restaurante Taco Bell”. A piada foi considerada xenófoba, preconceituosa e inapropriada para o momento por usuários de redes sociais.

VEJA TAMBÉM: Eduardo Costa defende Bolsonaro e critica Renata Vasconcellos

Outro grande problema é que o Pastor Charles Ellis insiste em um esquisito abraço com Ariana Grande. Apesar da cantora demonstrar um desconforto visível em alguns momentos, a mão do Pastor permanece bastante próxima do seio direito da cantora chegando a tocá-lo. Muitos internautas chegaram a apontar um possível abuso por parte do líder religioso.

Confira o vídeo abaixo:

Ariana Grande canta “Natural Woman” no funeral de Aretha Franklin

Esta sexta-feira (31), foi o último dia dos eventos fúnebres em tributo à vida e obra de Aretha Franklin. Entre participações de grandes nomes da música e da indústria do entretenimento, Ariana foi uma das que subiu ao palco para homenagear a lendária cantora.

Em sua apresentação, Ariana cantou “(You Make Me Feel) A Natural Woman” , recebendo elogios do mestre de cerimônias, que declarou “Garota, eu tenho que te dar todo o respeito. Vocês todos gostaram desse ícone?”.

Confira a homenagem de Ariana à Aretha Franklin: