justin bieber
O cantor canadense Justin Bieber (FOTO: Reprodução)

Carl Lentz, pastor e mentor espiritual de Justin Bieber, foi demitido de seu cargo na famosa e polêmica Igreja Hillsong devido a “falhas morais”.

A “falha” em questão, foi uma traição. Segundo informa o Daily Mail, uma estilista de Nova York afirmou que ela e o pastor tinham um relacionamento sério, mas secreto, durante o qual ele disse que era um agente esportivo solteiro.

Ela afirma que o relacionamento durou cinco meses. “Eu não estava lá apenas para sexo, nós dois encontramos conforto e uma conexão profunda e especial um com o outro”.

VEJA TAMBÉM: Criador de série famosa DETONA participação de Justin Bieber: “Problemático”

“Estou muito magoado porque ambos sentimos o mesmo um pelo outro. Ele me ama e eu o amo. Foi um relacionamento amoroso que não foi planejado”, disse.

Ela ainda contou: “Ele me disse que seu nome era Carl, mas é isso, ele não quis me dizer seu sobrenome. E ele me disse que seu trabalho era como agente esportivo”.

“Ele não me disse que era casado no começo, ele não usa anel”, completou. Mas ela afirma que após alguns encontros, ele confessou que era casado depois há 17 anos.

New York City designer, Ranin (pictured) has claimed that she and Hillsong pastor, Carl Lentz, who baptized Justin Bieber, had a serious but secret relationship during which he told her he was an unmarried sports agent
FOTO: Reprodução

Carl ajudou Justin Bieber a se conectar com Hillsong depois que o cantor o procurou em 2010. Carl e Justin tornaram-se extremamente próximos e o cantor até foi morar com Carl e sua esposa Laura por um mês em 2014.