Patatí Patatá
Os palhaços Patatí Patatá (FOTO: Reprodução)

Segundo publicado no NaTelinha, a dupla de palhaços Patatí Patatá precisou demitir funcionários, e fechar os circos. O motivo? A pandemia do novo coronavírus.

Os palhaços cancelaram apresentações que estavam agendadas para março, no Rio de Janeiro e no Piauí. Isso porque a OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou pandemia. Os governos estaduais determinaram quarentena e proibiram eventos com aglomerações.

O circo de Patatí Patatá, possui quatro unidades que percorrem o Brasil. O único picadeiro fixo está localizado no Tatuapé, zona leste de São Paulo. Um circo viaja pela região Sul, outro fica no Nordeste e mais um se apresenta no Centro-Oeste e demais estados do Sudeste.

VEJA TAMBÉM: Com cenas do filme BLACK IS KING, Beyoncé e Major Lazer lançam novo clipe

Em uma conversa com o NaTelinha, o diretor Rodrigo Molina contou que unidades estão fechadas temporariamente. Entretanto, serão reabertas de acordo com a flexibilização da quarentena.

Temos planos para voltar com o circo com as quatro unidades, mas se passaram tantos meses que não sei se vamos reabrir os quatro circos de uma vez. Temos um desejo muito grande de voltar como era, mas provavelmente teremos que voltar de forma paliativa, inicialmente com duas unidades.”

Cerca de 50 funcionários dos circos foram demitidos. Entre eles: bailarinos, trapezistas e malabaristas, e outros. Segundo o diretor, ele tentou preservar os empregos, porém, por conta da falta de shows, não foi possível.

Chegou um momento que não deu para segurar e, infelizmente, tivemos que fazer alguns cortes, mas deixando sempre claro para as pessoas que queremos contar com elas quando voltarmos, obviamente se quiserem“.

(FOTO: Flashbang/Reprodução/Instagram/allianzparque)