O cantor Phil Collins (FOTO: Reprodução)

Phil Collins e Orianne Cevey protagonizaram diversas polêmicas como casal, entre idas e vindas, recentemente a musa optou por se casar com outro homem e apenas comunicar que não queria mais ficar com o artista.

O cantor decidiu que não queria mais sua ex morando em sua mansão e decidiu colocá-la para fora. Agora, de acordo com novos documentos judiciais da disputa legal que começou em um tribunal da Flórida na terça-feira, Orianne acusa o músico de espioná-la instalando câmeras escondidas em seu banheiro e closet. Ela alega que a lenda do rock inventou uma “história vergonhosa” em seu processo para expulsá-la de sua mansão em Miami, onde ela está morando com seu novo marido.

VEJA TAMBÉM: Giulia Be abre o jogo sobre relação com Luan Santana: “Foi muito além de só a música”

(FOTO: Reprodução)

A designer de joias de 46 anos também chama Collins, de 69, de “insensível” por pressioná-la a morar em sua casa em Las Vegas, já que ela diz que isso a afastaria seu filho, fruto de outro casamento, que mora na região.

Relembre o caso de Phil Collins e Orianne Cevey: Eles se casaram no final dos anos 90, tiveram dois filhos juntos – Nicholas Mathew – mas pediram o divórcio em 2006, logo após o nascimento do filho mais novo.

Após o acordo do recorde, Cevey se casou novamente com Charles Mejjati, mas depois se divorciou dele para voltar para Collins em 2016. As coisas pareciam muito boas até alguns meses atrás, quando Orianne se casou novamente com um homem chamado Thomas Bates, dizendo a Phil que ela estava apenas viajando para Las Vegas a negócios.