pink
A cantora norte-americana Pink (FOTO: Reprodução)

Na semana passada, Pink havia anunciado que ela e o filho Jameson, de 3 anos, tinham sido contagiados com o coronavírus e disse que foi: “a coisa mais assustadora que eu já passei em toda a minha vida”, em entrevista para Ellen DeGeneres pelas redes sociais. A cantora e seu filho, estão curados do coronavírus, mas ela afirmou que se sentiu frágil durante as duas semanas em que sofreu com o vírus.

“A certa altura, eu estava chorando, orando – e percebi o quão ridículo eu parecia. Eu pensei que eles nos disseram que nossos filhos ficariam bem. Disseram-nos que nossos filhos ficariam bem!”, Pink lembrou. Tudo começou com Jameson, de 3 anos, que começou a ter febre no dia 14 de março. “Estamos em quarentena desde 11 de março. Começou com febre, que veio e foi embora. Ele tinha dores de estômago, diarréia e dores no peito, dor de cabeça e dor de garganta… Todos os dias eram novos sintomas. E então sua febre ficou. Não foi. A certa altura, ele tinha 39°C”, revelou.

Pink e Jameson (Reprodução: Instagram)

Veja também:

Após festa no BBB, Flayslane cospe na mesa da cozinha e faz xixi na sala

A artista falou que ficou doente de 18 a 20 de março, quando uma simples dor de garganta se transformou em um ataque de asma de noite, mas que não teve febre. “Eu não conseguia respirar. Eu precisei do meu nebulizador pela primeira vez em 30 anos. E eu tenho esse inalador que uso e não conseguia respirar sem ele”, relatou.

Reprodução: Instagram

“Foi quando fiquei realmente assustada por causa de todas as coisas que você não pode deixar de ver nas notícias todos os dias. E eu fiquei, tipo, ‘Oh meu Deus, uau, todas as coisas loucas que eu fiz, é isso? É assim que as coisas terminam?!’, completou. Pink falou que conseguiu o teste para ela e sua família, só porque é famosa e rica. “Você deveria estar com raiva por eu poder fazer um teste e você não, mas ficar com raiva de mim não vai ajudar em nada”, disse.

“Você deveria estar com raiva disso e devemos trabalhar juntos para tentar mudar isso… O sistema de saúde está em crise. O governo, de certa forma, falhou por não estar preparado. Mas é aqui que estamos e, graças a Deus, estamos melhorando”, disse. A cantora doou US$ 1 milhão para o Fundo de Emergência do Temple University Hospital em Pensilvânia, e para o Fundo de Crise de Emergência COVID-19 do prefeito da cidade de LA.