Polícia suspeita de ligação entre esquema da filha de Belo e traficantes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No começo do mês, a filha mais nova do cantor Belo, Isadora Alkimin Vieira, de 21 anos, foi presa junto de outras 11 mulheres durante uma operação da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD). E parece que a história está longe de acabar, já que Polícia Civil do Rio de Janeiro tem novas suspeitas envolvendo a jovem e traficantes do Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações divulgadas pela jornalista Fabia Oliveira, as mulheres induziam as vítimas a repassar dados bancários e entregar cartões de crédito a motoboys. Em seguida, a quadrilha utilizava os cartões das vítimas e gerava grandes prejuízos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, investigadores da DCOD suspeitam que os traficantes do Complexo da Maré recebiam parte do dinheiro obtido com o esquema e em troca forneciam mão de obra e proteção.

Isadora mora em São Paulo com a mãe, mas vai ao Rio de Janeiro com frequência, onde mora Belo.

De acordo com os agentes, a estimativa é que o esquema gerava entre R$ 600 mil a R$ 1 milhão por mês de lucro à organização criminosa.

VEJA TAMBÉM: Áudios de Anitta sobre Iggy Azalea, Preta Gil, Ludmilla e Simaria vazam na web

Foto: Reprodução
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio