beatles
A legendária banda britânica The Beatles (FOTO: Reprodução)

A história de sucesso dos Beatles é com certeza um dos maiores dos anos 1960. Quando eles terminaram, em 1970, havia muito mágoa e rivalidade entre os integrantes Paul McCartney e John Lennon. Logo nos primeiros lançamentos solos, os dois trocaram farpas no famoso “indireta” em suas músicas.

Mick Jagger, dos Rolling Stones, revelou sua teoria sobre o desentendimento entre McCarntey e Lennon , e o consequente fim dos Beatles. Em 1995, em entrevista, o cantor opinou sobre os motivos que tornavam a relação tão conturbada.

Difícil apontar o dedo, porque não conheço John e Paul tão bem. Só um pouco, o mesmo tanto que você, provavelmente. Posso arriscar um palpite em dizer que ambos tinham personalidades fortes, sentiam-se independentes. Parecia ter bastante competição na liderança da banda“, acredita Jagger.

LEIA TAMBÉM: Britney Spears cria dança bizarra para hit de Billie Eilish

John Lennon e Paul McCartney
Paul McCartney e John Lennon (FOTO: Dalmas Sipa Press / AP Images)

Quando existe mais de um líder, meio que eles entendem o papel de cada um. Mas John e Paul se sentiam fortes demais, e queriam estar no comando. Se existissem 10 coisas, os dois queriam comandar nove delas. Um relacionamento assim não funciona, né?”, completou.

Nunca ficou claro o motivo do término dos Beatles, embora seja seguro afirmar que o conflito entre John Lennon e Paul McCartney teria sido um dos principais.