Preço da memorabília dos Beatles pode cair drasticamente por causa de suposta fraude

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A memorabília dos Beatles, avaliada em milhões de libras, pode ter seu preço drasticamente reduzido após ter sido revelado que os membros da banda falsificavam as assinaturas uns dos outros. As informações são do jornal The Sun.

O lendário músico e apresentador de televisão Jools Holland, de 63 anos, foi quem levantou a suspeita. Ele é dono de um disco da banda britânica e diz que o item é coberto de autógrafos das estrelas, mas que, na realidade, todos foram escritos pelo guitarrista George Harrison.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante um episódio do podcast Jools and Jim’s Joyride, ele afirmou: “George Harrison me deu um disco dos Beatles, todos assinados inteiramente por ele”.

“Ele disse que quando começaram, tinham que assinar milhares de autógrafos para os fãs, então todos praticaram para que soubessem fazer as assinaturas uns dos outros”, completou Holland.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Katy Perry surge de maiô pela primeira vez após dar à luz; confira!

Muitos fãs dos Beatles estão dispostos a pagar uma verdadeira fortuna pelos itens autografados da banda. Em 2020, por exemplo, um disco do ‘Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band’, de 1967, assinado por George, Paul McCartney, John Lennon e Ringo Starr, foi vendido por mais de 129.000 libras esterlinas (mais de 1 milhão de reais, na cotação atual).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio