Preconceito? Após rebater Patrícia Abravanel, cantora Pepita critica Sikera Júnior

Publicado em 27/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Pepita foi uma das atrações do Festival do Orgulho, evento virtual transmitido pelo Youtube neste sábado (dia 26). A artista se uniu a Glória Groove, Aretuza Lovi, Urias, Lia Clark, Mateus Carrilho, Márcia Pantera, Grag Queen e outros nomes da comunidade LGBTQIA+ para comemorar o mês do orgulho.

Como não podia deixar de ser, o evento também levantou discussões mais sérias e Pepita mandou um recado direto ao apresentador Sikêra Junior, da Rede TV. O comunicador recentemente proferiu um discurso LGBTfóbico ao comentar o comercial de uma campanha publicitária do Burger King que “abraça a diversidade”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O apresentador do “Alerta Geral” disse que a homossexualidade nunca seria considerada “normal” pelo “cidadão de bem” e pela “família tradicional”. Sikeira chegou a dizer que homossexuais são uma “raça desgraçada”. Diantes de tais declarações, Pepita usou o seu microfone para responder o apresentador:

Quero mandar um recado para um ser humano que diz que é apresentador. Seu Sirkeira Jr., a gente veio para ficar. O respeito é uma via de mão dupla, você me respeita e eu te respeito. Não vem de mimimi, falar de família tradicional, se a sua, pelo jeito, não é.

Parada LGBT: Pepita alfineta Patrícia Abravanel após fala homofóbica

Pepita aproveitou sua participação na Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo, neste domingo (6), para rebater a polêmica fala de Patrícia Abravanel. Na semana passada, durante o programa “Vem Pra Cá”, do SBT, a apresentadora minimizou homofobia e pediu que as pessoas sejam compreensivas com “os conservadores”.

Em seu discurso, Pepita pediu para que Patrícia Abravanel não opine em assuntos que não conhece. “Não fale de vivência se você não teve essa vivência. Não fale de pessoas se você não conhece. Não fale de letras que você não sabe nem se expressar”, começou a cantora.

“Você já me perguntou se eu aceito você como apresentadora de alguma coisa? Você já me perguntou se eu aceito você na minha rede social? Então por que você se acha no direito de opinar na minha vida? O dia que eu precisar de alguma opinião, com com certeza não vai ser a sua”, disparou.

Relembre o que Patrícia Abravanel falou

 Na manhã da última terça-feira (1), ao comentar sobre a polêmica envolvendo Caio Castro e Rafa Kalimann, Patrícia Abravanel declarou:

“Eu acredito que nós, mais velhos, e nós que fomos educados por pais mais conservadores, a gente está aprendendo, a gente está se abrindo, mas eu acho que é um direito também das pessoas respeitarem. Por que não concordar em discordar?”

E ainda disse que não acha que os dois foram preconceituosos ou homofóbicos: “Eu acho que eles realmente foram educados de uma outra maneira. Então, assim como ‘LGDBTYH’, não sei, querem respeito, eu acredito que eles têm que ser mais compreensivos com aqueles que hoje ainda não entendem direito e estão se abrindo pra isso”.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio