Presidente do Grammy comenta declaração de The Weeknd sobre corrupção na premiação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos momentos mais esperados pelos fãs de música chegou: as indicações ao Grammy. Porém, muitos internautas estão acusando a premiação de racismo após The Weeknd ser esnobado de TODAS categorias.

Após o próprio cantor mostrar sua indignação sobre a falta de indicações e afirmar que o Grammy é corrupto e deveria ser mais transparente, o chefe da Academia, Harvey Mason Jr., respondeu às suas reivindicações.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ele disse que também ficou surpreso por The Weeknd não ter recebido nenhuma indicação e confirma relatos de que o artista deveria se apresentar no Grammy em 31 de janeiro, bem como no Super Bowl na semana seguinte.

VEJA TAMBÉM: Ludmilla, Beyoncé, IZA, Emicida e mais: a arte preta contra o racismo

Mas ele nega que as negociações em torno dessa situação tenham qualquer papel na ausência do artista nas nomeações. Ele ainda afirma que “houve um número recorde de inscrições neste ano incomum e competitivo”.

“Entendemos que The Weeknd está desapontado por não ter sido nomeado. Fiquei surpreso e consigo sentir empatia com o que ele está sentindo”, alegou.

E continuou: “Sua música este ano foi excelente e suas contribuições para a comunidade musical e o mundo em geral são dignas da admiração de todos. Infelizmente, a cada ano, há menos indicações do que o número de artistas merecedores”.

FOTO: Reprodução

“Para ser claro, a votação em todas as categorias terminou bem antes da apresentação de The Weeknd no Super Bowl ser anunciada, então de forma alguma poderia ter afetado o processo de indicação”, disse.

Harvey ainda afirma que os indicados são indicados por sua excelência e não por fatores externos. Ele ainda falou como funciona o processo de escolha para os indicados, que incluem artistas como Justin Bieber.

“As pessoas [que decidem] são profissionais da música, no topo de sua arte em composição e produção e há muitos artistas. E eles estavam ouvindo criticamente todas as músicas que passavam por suas mesas – ou mesas virtuais – então não acho que isso mostre uma falha no processo. É um processo longo e árduo e as pessoas se orgulham dele”, disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio