Freddie Mercury
O cantor zanzibense Farrokh Bulsara mais conhecido como Freddie Mercury (FOTO: Reprodução)

Os últimos seis anos de vida de Freddie Mercury foram ao lado de várias pessoas que o astro do Queen amava, Jim Hutton, seu ex namorado, foi um deles. Está é uma matéria feita por Wallacy Ferrari do “As Aventuras da História”.

Entretanto, o romance não foram só flores, no início foi um pouco complicado. De acordo com o próprio Jim, em entrevista ao programa britânico The Big Breakfast em 1994, as investidas iniciais do cantor não foram eficientes para o atrair.

Jim afirmou que não conhecia muito sobre o vocalista, o que diminuiu o interesse: “Nós nos conhecemos em um clube. Ele me ofereceu uma bebida e eu disse para ele não começar […] Ele era um totalmente, absolutamente estranho [para mim]”.

(FOTO: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Britney Spears dança música que fala sobre pai e deixa fãs preocupados

Alguns meses depois disso, eu estava em um restaurante e um amigo que estava comigo mencionou: ‘Adivinha quem está atrás de você?’ [Era] Freddie Mercury de novo“, contou Hutton em seu livro de memórias.

18 meses após o primeiro encontro, o vocalista tentou novamente conquistar Jim: “Eu não vi Freddie Mercury de novo por 18 meses e, então, encontro ele em um clube […] Era isso. A mesma rotina de novo: ‘Deixa eu te comprar uma bebida”.

Jim preferiu recusar e abusar do sarcasmo; não só rejeitou, para mostrar que também tinha poder aquisitivo, como ainda ofereceu uma bebida para o cantor. Freddie, por sua vez, aceitou uma “vodka grande”. Após alguns segundos de silêncio, o músico perguntou abruptamente ao cabeleireiro: “Quão grande é o seu pênis?” — sendo o suficiente para quebrar o gelo e iniciar uma conversa descontraída. Logo em seguida os dois começaram a namorar e viveram juntos por alguns anos até a morte de Freddie Mercury.