O astro norte-americano Elvis Presley (FOTO: Reprodução)

O primo de Elvis Presley revelou como ele sente a presença do Rei hoje e um sonho “quase real“. Elvis morreu em 16 de agosto de 1977 aos 42 anos. O rei deixou para trás um dedicado círculo íntimo de família que vivia com ele em Graceland. Entre eles estava seu primo Billy Smith, membro da Máfia de Memphis

Hoje, o filho de Billy, Danny (que era apenas um adolescente quando Elvis morreu), tem um canal fascinante no YouTube chamado Memphis Mafia Kid.

Lá, ele e sua família respondem a perguntas de fãs sobre Elvis como membros próximos da família.

VEJA TAMBÉM: Grávida, esposa de John Legend revela sexo do bebê sem querer!

Em um vídeo, um fã perguntou se Danny ainda sente a presença do Rei hoje. Ele disse: “Sinto a presença de Elvis todos os dias.”

O primo de segundo grau de Elvis continuou: “É mais ou menos como mamãe e papai disseram … coisas diferentes sempre trazem uma memória ou fazem você pensar [em] Elvis ou Graceland ou Lisa.

Danny então compartilhou como ele teve um sonho em que se tornou um membro da Máfia de Memphis, trabalhando para Elvis em turnê.

Na verdade, era isso que ele realmente queria fazer quando crescesse antes da morte de Elvis. Danny disse: “Não faz muito tempo, tive um sonho e foi quase real.”

O parente do rei disse: “Estávamos em turnê e meu sonho havia se realizado. Eu era um dos rapazes e trabalhava para Elvis. E ele tinha realmente descido e estava realmente procurando pelo papai. Parece tão real.”

Ele acrescentou: “Há momentos em que você simplesmente tem aquela sensação estranha que o faz pensar. Ou se eu estou ouvindo música às vezes … e sinto que ele está lá.”

Elvis Presley morreu de ataque cardíaco no banheiro, no andar de cima de Graceland. Dois dias depois, o funeral do rei aconteceu quando milhares de fãs fizeram fila ao longo do Elvis Presley Boulevard para prestar suas homenagens.

Elvis foi posteriormente enterrado ao lado de seus pais no Jardim de Meditação de Graceland. Lá, os fãs ainda vêm hoje para prestar suas homenagens em seu túmulo, que acontece logo no final da turnê da mansão.

O rei deixou Graceland para sua filha Lisa Marie e foi aberto ao público em 1982. Ela ainda visita e trata a casa regularmente como um lar, às vezes até passando a noite no andar de cima.

Assista ao relato clicando AQUI.