O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Matthew Rolston)

O príncipe Azim, filho do sultão de Brunei, morreu de uma doença desconhecida aos 38 anos. O herdeiro bilionário possuía uma fortuna estimada em US$ 5 bilhões (R$ 28,1 bilhões), além de ser amigo de grandes celebridades, como Michael Jackson, Mariah Carey, entre outros.

De acordo com a tradição islâmica, o funeral de Azim foi realizado no mesmo dia de sua morte, antes da declaração de sete dias de luto nacional.

VEJA TAMBÉM: As fotos secretas do último aniversário de Freddie Mercury antes da morte

Faye Dunaway, Prince Azim, Jerry Hall, Michael Jackson e Raquel Welch em evento (Foto: getty)
(FOTO: Reprodução)

Segundo publicado no Glamurama, o herdeiro mantinha uma rotina de bon vivant, realizando festas. Ainda assim, o patrimônio de Bolkiah – que inclui hotéis famosos de Paris, como o Plaza Athénée – é estimado em no mínimo US$ 20 bilhões (R$ 112,5 bilhões). Azim teria caído em desgraça sob os olhos do monarca quando passou a apoiar abertamente a comunidade LGBT – Brunei é um dos poucos países do mundo que pune homossexuais com a morte, nesse caso por apedrejamento. Esse posicionamento dele sempre rendeu rumores sobre sua sexualidade e também sobre uma possível “amizade colorida” com Michael Jackson, ambos nunca confirmados.