lady gaga 2
A cantora norte-americana Lady Gaga (FOTO; Reprodução)

O rapper e produtor norte-americano Detail, vencedor do Grammy e conhecido por seu trabalho com a cantora Beyoncé e Lady Gaga, foi preso na última quarta-feira (5) por mais de uma dezena de acusações de abuso sexual, informou o Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles.

Segundo relata o jornal MetroUK, foi estabelecida uma fiança no valor de US$ 6,3 milhões, o equivalente a mais de 33 milhões de reais, para que o artista aguarde seu julgamento em liberdade. Aos 41 anos, Detail tem no currículo parcerias com Jay-Z, Lady Gaga, Jennifer Lopez e Lil Wayne, mas seu trabalho mais conhecido é a composição e a produção do hit “Drunk in Love“, de Beyoncé. A obra ganhou o prêmio Grammy de melhor canção R&B no ano de 2015.

O rapper e produtor Detail com Justin Bieber (FOTO: Reprodução)

O produtor musical estava sendo investigado por supostos incidentes ocorridos entre 2010 e 2015, disse o Departamento de Polícia de Los Angeles revelou à imprensa internacional.

LEIA TAMBÉM: Irmã de Mariah Carey acusa mãe de tê-la abusado sexualmente em rituais satânicos

A defesa do rapper divulgou um comunicado sobre sua prisão ao site Hollywood Reporter: “Ele foi preso há algumas horas e ainda não tive a oportunidade de conversar com ele ou analisar as acusações, Tenho certeza que ele é inocente e poderá esclarecer essas acusações”.

O rapper e produtor Detail (FOTO: Reprodução)

Vale ressaltar, que Detail já havia sido alvo de acusações de assédio por parte de artistas como Jessie Reyez, Bebe Rexha e Tinashe. Todas elas dizem terem sido alvo de “condutas inapropriadas” por parte do produtor. Em 2019 ele foi condenado a pagar US$ 15 milhões de indenização a uma mulher anônima que fez acusações semelhantes contra ele.