Psiquiatra de Britney Spears morre antes do julgamento sobre a cantora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O famoso médico das celebridades, Dr. Timothy Benson, morreu aos 48 anos no dia 24 de agosto, no entanto, a notícia só foi divulgada na manhã desta segunda-feira (dia 9), em uma nota do site estadunidense TMZ.

O especialista, inclusive, era o responsável pelo tratamento psiquiátrico de Britney Spears, e em breve participaria do julgamento que determinaria se ele estava cuidado de forma adequada da saúde mental da ‘princesa do pop’.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Anitta comenta sua depressão e sobre ser bissexual: “Sempre gostei de garotas”

Sem causa oficial divulgada, Timothy Benson morreu em Santa Monica, nos Estados Unidos, e fontes asseguram que o médico foi vítima de um aneurisma. O juiz responsável pelo delicado caso na Justiça receberá um relatório sobre o tratamento que o falecido impôs à Britney e decidirá quem, agora, ficará responsável pelo patrimônio da cantora.

Vale lembrar que, no começo do ano, Britney Spears tinha sido internada numa clínica de reabilitação, depois de diversos diagnósticos de problemas de saúde mental. Fontes ligadas ao TMZ declararam que o medicamento que ela usava por recomendação de Benson perdeu a eficácia já há alguns anos. Tal fato teria causado o afastamento indefinido da cantora dos palcos, visto que ela daria início a uma nova fase de sua milionária residência em Las Vegas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio