BTS
O septeto sul-coreano BTS (FOTO: Reprodução)

Todos sabem que o BTS é um dos maiores fenômenos da música atual, mas você sabia que o grupo é tão grande que chega a colaborar com milhões de doláres para o PIB da Coreia do Sul?

VEJA TAMBÉM: Katy Perry faz a apresentação mais bonita de toda a quarentena

Com todos seus álbuns alcançando a primeira psoição nas paradas da Billboard, seu último lançamento ‘Map of the Soul: 7’ vendeu quase meio milhão de cópias apenas na primeira semana.

Com membros multitalentosos que escrevem, produzem, cantam e entregam um show completo, não é tão inacreditável que o BTS é uma grande fonte de renda para os participantes e agentes.

O grupo já teve parcerias com marcas conhecidas, como Coca-Cola, Mattel e Hyundai, além de serem embaixadores globais da FILA.

BTS Jin kissing money | 머리카락 그림, 진, 방탄소년단

O líder da banda, RM, ganha dinheiro por seu talento como compositor. Ele é creditado em mais de 130 canções. Seu patrimônio líquido é cerca de US$8 milhões.

Jimin e Jin também tem US$8 milhões cada, graças a produções, composições e aparições em eventos.

O membro V, além de ganhar seu dinheiro com o grupo, também consegue uma renda extra com atuação. Ele foi escalado para o drama ‘Hwarang: The Poet Warrior Youth’, e seu patrimônio também chega aos US$8 milhões.

Além da música, Jungkook já apareceu em vários programas de televisão sul-coreanos, como Flower Crew e Celebrity Bromance, que o ajudou a conquistar seus US$8 milhões.

Com US$8 milhões também, Suga conquistou boa parte de seu dinheiro ajudando na criação de músicas para artistas como Suran e Lee So-ra. Ele já produziu mais de 70 músicas!

E por último, o membro mais rico do grupo: J-Hope. Ele acumula US$12 milhões. Além do BTS, ele já lançou um projeto solo chamado ‘Hope World’, que liderou diversas paradas musicais e deixou seu nome mais em evidência.

Segundo o Business Insider, alguns membros tem investimentos como apartamentos que chegam a ser avaliados em até US$3 milhões.