kanye west
O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

Uma das figuras mais polêmicas da música, Kanye West, está divulgando sua candidatura para presidente dos Estados Unidos.

Em seu primeiro discurso neste domingo (dia 19), o rapper chorou ao lembrar de certos momentos de sua vida. Ele agradeceu sua mãe, por ter chegado aonde chegou e disse que se não fosse por ela, não teria conseguido. Ele contou que seu pai queria que ela tivesse feito um aborto.

LEIA TAMBÉM: Beyoncé lança trailer de Black Is King com participação de Jay-Z, Lupita Nyong’o e Naomi Campbell

Segundos após dizer isso, Kanye gritou chorando: “Eu também quase matei minha filha! Eu quase matei minha filha!”

Enquanto as pessoas que estavam presentes no discurso aplaudiam e gritavam que amavam o artista; na internet a recepção foi menos calorosa.

Algumas pessoas estão preocupadas com a saúde mental de Kanye West e afirmaram estarem com medo; outras aconselham o artista a procurar ajuda; e outros criticaram a posição de Kanye em fazer um discurso com convidados em plena pandemia.

O cantor foi um dos grandes apoiadores do governo atual, e em março afirmou que votaria novamente em Donald Trump; mas no último mês disse que havia “rompido” com o republicano, pois estava ali para vencer.

Vale ressaltar que o jornalista Roger Friedman do site Showbiz 411 aponta que Kanye West poderia estar somente usando a discussão em torno de sua candidatura à presidência para promover seu novo álbum que será lançado este mês em homenagem à sua mãe. O disco que se chamará “Donda” será divulgado no próximo dia 24 e sua suposta tracklist está listada logo abaixo.

O que será que o rapper está realmente planejando, hein?

(FOTO: Divulgação)
(FOTO: Divulgação)