O cantor Adam Lambert e a banda Queen (FOTO: Reprodução)

O Queen e o cantor Adam Lambert confirmaram nesta segunda-feira (dia 18) que irão se apresentar na cerimônia do Oscar 2019. A apresentação será para representar o filme “Bohemian Rhapsody”, que recebeu várias indicações ao prêmio incluindo “Melhor Filme”.

A própria academia cinematográfica confirmou a informação nesta segunda-feira (dia 18) com uma publicação que trazia um trocadilho com a letra de “Bohemian Rhapsody”:

Além da banda de Rock e Adam Lambert, todos os artistas indicados a Melhor Canção Original irão cantar na premiação, incluindo: Lady Gaga e Bradley Cooper que cantarão a faixa “Shallow” do filme “Nasce Uma Estrela”.

VEJA TAMBÉM: Jão explica parceria com Ludmilla e comenta detalhes de novo álbum

A atriz e cantora Jennifer Hudson irá cantar “I’ll Fight”, do documentário RBG; os músicos Gillian Welch e David Rawling se apresentarão com a faixa “When a Cowboy Trades His Spurs for Wings” do filme “The Ballad of Buster Scruggs” e a cerimônia contará com a inclusão de convidados especiais, como Bette Midler, para uma homenagem ao filme “O Retorno de Mary Poppins”. Vale lembrar que o Oscar acontecerá no próximo domingo, no dia 24 de fevereiro!

“É claro que Freddie era melhor” afirma Adam Lambert sobre ser o atual vocalista do Queen

No início do mês, após anunciar uma nova turnê com o Queen para julho e agosto de 2019, Adam Lambert comentou um dos assuntos favoritos entre os fãs mais fervorosos da banda: as comparações entre ele e Freddie Mercury.

Durante um momento onde respondia perguntas dos fãs no Twitter, Adam resolveu responder a um comentário de uma fã que dizia que ele “não faria justiça a Freddie”.

Querida, que justiça você quer? Risos. O ponto não é comparar nós dois. Eu estou escolhendo cantar uma música muito bem escrita da melhor maneira que eu posso. É claro que Freddie era melhor! Ele as originou – ele as criou! Ele era um deus do rock! Não é uma competição” respondeu o cantor norte-americano.

Ao longos dos últimos anos, Adam Lambert tem procurado não se comparar com Freddie Mercury sempre sugerindo em entrevistas que procura apenas reverenciar e homenagear o falecido vocalista da banda Queen.

Muitos comentários enviados a Adam também traziam queixas pelo fato do cantor não disponibilizar material da carreira solo já há algum tempo, enquanto continua fazendo cada vez mais turnês com o Queen. 

Uma fã comentou inclusive que Adam Lambert não poderia fazer shows com o Queen e ao mesmo tempo tentar focar no trabalho solo, ao que ele respondeu: “Querida, você está errada. Eu faço meus trabalhos solo quando eu quero. Quando eu sinto que tenho algo finalizado que tenho orgulho em compartilhar. Criatividade não é algo que está sempre prontamente disponível. Você não pode forçar isso. Então eu tomei o meu tempo, e agora estou finalizando algo do qual estou orgulhoso. As turnês com o Queen não deixaram o processo mais lento – eu tenho trabalhado em coisas enquanto estou em turnê. Espero que isso te dê uma noção de um processo que é MUITO mais complexo e com muito mais camadas do que parece aos fãs. Obrigado por ser paciente”.