Queimar um racista é solução para o racismo? Djonga responde!

Publicado em 2/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O rapper Djonga, concedeu uma entrevista ao #Provoca do jornalista Marcelo Tas, na Tv Cultura. Durante o bate-papo, o músico falou sobre várias assuntos, incluindo racismo. Em determinado momento, o apresentador se queimar um racista seria a solução para o racismo.

“Do mesmo jeito que queimaram a gente, tá ligado? É muito delicado falar disso, eu tomo muito cuidado quando falo disso, apesar de ter uma posição muito incisiva. Agora é aquilo: bandido bom é bandido morto o tempo todo. Racismo é o que? Crime! Então, até se eu for pela ideologia dos caras eu estou certo”, disse o rapper.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em seguida, ele foi perguntado se já foi parado pela polícia: “Já fui parado pela polícia um milhão de vezes. A grande maioria das vezes, pra não dizer todas, para não ser injusto com quem estava só fazendo o seu trabalho, era só por causa da minha raça. Quando você é mais novo você fica com medo, quando você é adolescente você fica com medo e quando você não tem muita informação você também fica com muito medo”, revelou Djonga.

VEJA MAIS: Luísa Sonza acusa YouTube de boicotar novo clipe por ‘conteúdo explícito’

“Hoje eu ainda tenho medo, mas eu sei me colocar na situação, eu sei dos meus direitos. A primeira coisa que eu faço é perguntar: o que está acontecendo, porque estou sendo abordado? Primeiro deixo o cara fazer o trabalho dele e enquanto ele está ali conferindo os documentos eu faço a pergunta. Eu não deixo que ele não faça nada proibido. Não aceito ser esculachado ou que o cara grite na minha cara”, finalizou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio