beyoncé
A cantora norte-americana Beyoncé (FOTO: Reprodução)

A rapper americana Doja Cat está sendo muito criticada, após um vídeo postado em seu TikTok. Ela começa fazendo referência à música “Flawless” da Beyoncé e diz “I wake up like this” (eu acordei assim). Até aí, tudo bem. Mas, logo em seguida, a rapper disparou: “what’s your favorite Beyonkey song?”. (Qual sua música preferida da Beyonkey?) Beyonkey é a união das palavras Beyoncé e monkey – que significa macaco. Doja Cat é acusada novamente de racista.

Fãs de Doja saíram em defesa, alegaram que ela estaria brincando e que teria falado o nome de Beyoncé de forma errada pois também estava declamando a letra da música de forma errada. Independente de “brincadeira”, a verdade é que qualquer menção a macaco é racista.

VEJA TAMBÉM: Fã apaixonado por Babu Santana faz tatuagem do ex-BBB; veja o resultado!

Sábado (23) a rapper foi acusada de dar declarações racistas em um grupo privado. Novamente fãs a defenderam e mostraram prints e vídeos do chat, que ela na verdade não havia dito nada condenável, e que na verdade vinha sendo chantageada por um dos membros do chat. A questão é que essa explicação não chegou a todo mundo, então Doja Cat já foi “cancelada” por muita gente no próprio sábado. Agora, com o vídeo mexendo com Beyoncé, a situação da rapper piorou.

Doja Cat já vinha sido questionada por trabalhar com o polêmico produtor Dr. Luke que já foi amplamente criticado na indústria musical por players importantes como Kelly Clarkson. O hitmaker chegou a travar uma longa disputa judicial com Kesha e que acabou atrapalhando suas carreiras por anos. Por enquanto, Dr. Luke e sua empresa saíram vitoriosos de todos os processo judiciais enfrentados após as delicadas acusações de abusos e estupro feitas por Kesha.