Justin-Bieber
O cantor canadense Justin Bieber (FOTO: Reprodução)

O rapper Lil Twist revelou que serviu como bode expiatório para acusações por porte de drogas recebidas por Justin Bieber no começo da carreira do cantor em 2010, na época eles eram muito amigos, a equipe de Bieber negou as acusações.

Se eles estivessem acusado Justin por maconha no início da carreira teria sido ruim para ele. Então recebi uma ligação um dia dizendo: ‘Twist, você realmente ama esse garoto?’. Respondi: ‘Sim’“, falou o rapper em uma participação no podcast Mina SayWhat.

Justin Bieber e o rapper Lil Twist em 2012 (Foto: Getty Images)
Justin Bieber e o rapper Lil Twist em 2012 (Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM: Maiara volta a apagar fotos com Fernando e ele desaba na web: “Vontade de fazer nada”

Eles disseram: ‘Legal, se você o ama, pode aguentar o problema dele porque ele pode sofrer uma pequena acusação por porte de maconha. Você está com Lil Wayne, você é um rapper“, completou Twist.

Apesar do rapper não ter mencionado nenhum caso em específico, o site PageSix aponta que Twist foi preso duas vezes em 2013 enquanto dirigia carros de Bieber. “Chegou a um ponto em que eu nem precisava estar lá às vezes e eles estavam dizendo: ‘Twist fez isso, Twist fez isso’. Tornou-se avassalador“, explicou.

Em entrevista ao PageSix, uma fonte próxima a Bieber destacou que apesar de “Justin e Twist não têm mais uma relação, Justin deseja o bem para Twist e acha esses comentários infelizes e completamente falsos“.