Receita espanhola confirma que Shakira cometeu fraude fiscal de R$ 97 milhões

A defesa da cantora foi convocada para prestar depoimento no próximo dia 8 de julho

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quarta-feira (21), a Agência Tributária (receita federal) da Espanha enviou um novo relatório à justiça do país no qual ratifica que a cantora Shakira fraudou 14,5 milhões de euros (cerca de R$ 97 milhões) em impostos entre 2012 e 2014 ao fingir que não morava na Espanha e esconder sua renda através de empresas.

Conforme informaram à Agência Efe fontes jurídicas, os técnicos da Receita espanhola refutaram em seu relatório adicional os argumentos da defesa da artista de que sua agenda de shows e apresentações provam que ela ficou menos de 184 dias na Espanha em um ano e, portanto, não teria obrigação de pagar impostos no país.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Shakira é acusada de fraudar impostos (FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Gay? Fiuk do BBB revela que integrante do One Direction flertou com ele

Com isso, o chefe do Tribunal de Instrução número 2 de Esplugues de Llobregat, em Barcelona, convocou os técnicos da Receita e especialistas da defesa da cantora para expor argumentos sobre as obrigações fiscais de Shakira. De acordo com informações do jornal espanhol “El Periódico de Catalunya”, os depoimentos serão feitos em 8 de julho.

Em janeiro de 2020, dois fiscais da Agência Tributária já haviam prestado depoimento a um juiz e confirmado que a artista teria cometido evasão fiscal entre os anos de 2012 e 2014.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio