Michael Jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução)

Para alguém com uma carreira tão grande como Michael Jackson, é difícil não ter algumas músicas que passam despercebidas diante de tantos hits.

Com 12 álbuns de estúdio em carreira solo – sendo dois deles póstumos -, o cantor esconde verdadeiros tesouros em suas tracklists.

FOREVER MICHAEL

O quarto álbum de estúdio do Rei do Pop foi lançado em 1975 e conta com a canção Just a Little Bit of You, que diz na letra: “Eu disse a minha mãe como eu sinto sobre o seu poder. Seu amor pode curar, não há remédio de médico que faça o que você faz por mim”.

“Portanto, não envie nenhum médico à minha porta, porque Doutor John esteve aqui antes. Você não mande ele, basta vir você. Traga seu amor e nada mais”, canta.

OFF THE WALL

Este é o quinto álbum de estúdio de Michael Jackson. Foi lançado em 10 de agosto de 1979, pela Epic Records. A música It’s The Falling In Love arranca suspiro dos fãs com a letra: “Não importa como começa, termina sempre igual. Alguém está sempre amando outro alguém trocando a paixão por aquele gosto de sofrimento. Vai acontecer tudo de novo”.

“É a paixão que está me fazendo feliz É o amor que me faz chorar, chorar, chorar… Toda a noite”, diz o refrão.

THRILLER

Baby Be Mine do álbum de 1982 não foi um single do álbum mais vendido da carreira do artista, mas é uma das favoritas dos fãs. A música diz: “Seja minha, amor você tem que ser minha. Garota eu lhe darei tudo o que tenho. Então amor, seja minha garota todo o tempo e nós podemos dividir esse ecstasy enquanto acreditarmos no amor”.

VEJA TAMBÉM: Michael Jackson já gravou música contra abuso sexual infantil

BAD

O álbum de 1987 guarda a canção Just Good Friends em que Jackson conta sobre um amor não correspondido, onde a amada o trata ‘apenas como um bom amigo’: “Ela me ama e age como se não se importasse. Isso não significa que ela não me ame. Se eles perguntam, ela diz que somos só bons amigos”.

INVINCIBLE

O último álbum lançado em vida pelo Rei do Pop é um dos mais queridos pelos fãs. A música Whatever Happens seria a primeira música de trabalho do álbum, mas a Sony – gravadora que Michael travou diversas batalhas -, não aceitou.

A música diz: “Ele está trabalhando dia e noite, pensando que irá fazê-la feliz, esquecendo todos os sonhos que ele tinha. Ele não percebe que não é o fim do mundo, não precisa ser tão ruim assim. Ela tenta explicar: É você que me faz feliz”.

A música ainda tem o refrão romântico e esperançoso: “O que quer que aconteça, não solte a minha mão. Não solte a minha mão”.