Ringo Starr relembra fim dos Beatles: “Pagamos um preço muito alto”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última terça-feira (07), o Ringo Starr comemorou seus 80 aninhos e desabafou sobre o legado dos Beatles e como o holofote interferiu na vida pessoal de cada membro da banda. Ao recordar o primeiro encontro com Yoko Ono, o baterista criticou a invasão da imprensa sobre o relacionamento de John Lennon.

Starr relembrou os tempos do famoso quarteto com nostalgia, em entrevista ao El País. “Foi um sonho impossível que virou realidade. Pertencer à melhor banda do mundo”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ringo Starr, famoso baterista da banda Beatles. (Reprodução: FOTO)

No entanto, esse sonho não foi realizado sem consequências graves para os participantes. Quando Starr viu Lennon e Yoko juntos pela primeira vez, ambos estavam juntos na cama do estúdio, e o baterista gostou da companheira do amigo. “É uma mulher divertida. A imprensa tornou tudo mais esquisito, porque nos apoiamos mutuamente”, criticou. “Fizemos boa música, mas pagamos um preço muito alto”.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

No ano passado, Starr relatou que após o fim dos Beatles ele se tornou alcoólatra e só conseguiu superar o vício com a volta aos palcos. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio