rita ora
A cantora britânica Rita Ora (FOTO: Reprodução)

Na última semana, Rita Ora reuniu os amigos para comemorar seu aniversário de 30 anos e promoveu aglomeração no evento e foi bastante criticada. Porém, essa não foi a primeira vez que a loira desafiou os perigos da COVID-19.

Foi descoberto por fãs, que no dia 21 do mês passado a artista realizou um show no Egito e, ao chegar na Grã-Bretanha, não cumpriu o isolamento de 14 dias exigido pelo governo.

Para o site britânico Metro, ela assumiu a culpa e explicou o que aconteceu: “Recentemente, voei para o Egito para me apresentar em um evento corporativo para uma empresa privada, em que meu grupo de viagem seguiu os protocolos e apresentou testes Covid negativos na entrada, conforme exigido pelas autoridades egípcias“.

VEJA TAMBÉM: Ao lado de secretário do governo Bolsonaro, Gusttavo Lima faz show com aglomeração

Após meu retorno à Grã-Bretanha, deveria ter seguido as normas do governo e me isolado pelo período necessário. Como vocês sabem, não segui as normas do governo e por isso pedi desculpas no início desta semana“, continuou.

Ela ainda acrescentou: “Peço desculpas novamente. Gostaria de acrescentar que fui testada posteriormente, inclusive hoje, e permaneço negativa para Covid-19 e o mesmo se aplica a todos os membros da minha família imediata que formam minha bolha de apoio“.

Rita Ora, então, pediu para que os fãs não sigam seu exemplo: “Embora eu perceba que as palavras de desculpas de uma estrela pop podem não ter muito peso, especialmente alguém que quebrou as regras como eu, percebo que alguns podem tentar seguir meu exemplo. Minha mensagem para eles é simples: por favor, não“.

Rita Ora Forced To Apologise After Breaking Lockdown Rules Again
FOTO: Reprodução/Ladbible

A culpa e a vergonha que carreguei esta semana pelo meu erro não valem a pena. Em vez disso, continuem a ouvir os conselhos do governo e as vozes dos heróis do NHS [sistema público de saúde] e tomem as precauções necessárias“, disse.

Ela finalizou dizendo: “Enquanto isso, vou doar meu cachê do Egito para instituições de caridade. Sejam melhores do que eu tenho sido e aprendam com meus erros para que vocês não tenham que aprender da maneira mais difícil“.