RM do BTS e outros são listados como “feministas” em site antifeminista

Site antifeminista aponta ídolos como feministas "verificados".

Publicado em 13/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após as controvérsias feministas de Archer Olímpico Sul-coreano An San e MC JaeJae, um site antifeminista listou RM do BTS, Joy do Red Velvet e Suzy como feministas. O site, conhecido como Check Femi, já foi excluído e categorizou as figuras públicas em três grupos de “suspeitos”, “verificados” e “vanguardistas”.

(FOTO: Reprodução)

O gerente do site afirmou que o sistema de categorização foi criado para ajudar as pessoas a “escolher feministas do público em geral” e decidir quais celebridades seguir ou não. O gerente do site também afirmou que o site não faz distinção entre feministas radicais e aquelas que são “reconhecidas positivamente por trabalharem pela melhoria dos direitos das mulheres”. RM, Joy e Suzy foram todas listadas como feministas “verificadas” por terem mostrado apoio ao feminismo no passado. O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae In, foi listado como uma feminista de “vanguarda”, e Lee Hyeri de Girl’s Day e o ator Jung Woo Sung foram listados como feministas “suspeitos”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Clipe de Michael Jackson gravado no Brasil teve polêmicas com o tráfico!

RM uma vez revelou que leu Kim Ji Young, Born 1982, um romance feminista, durante uma transmissão ao vivo. Irene do Red Velvet também leu o livro e fãs antifeministas queimaram seus cartões fotográficos depois de descobrir que ela o tinha lido. Joy certa vez vestiu uma camiseta “Devemos todas ser feministas”, o que irritou os fãs antifeministas.

Joy usando camiteta polêmica. (FOTO: Reprodução)

Suzy também irritou as antifeministas ao promover uma petição da Casa Azul em apoio a uma YouTuber que foi assediada sexualmente durante uma sessão de fotos. O site foi excluído a partir de 13h30 em 13 de agosto.

Livro que foi lido por RM. (FOTO: Reprodução)

Antes de o site ser excluído, os internautas pediram que o site parasse de julgar as “mentalidades e virtudes das pessoas por meio de apenas um pequeno número de comentários feitos no passado” e questionaram o porquê “Ser feminista é algo a ser descoberto pelas pessoas e socialmente encurralado.

Jungkook: a vida milionária do cantor caçula do BTS

Jungkook tem 22 anos é o menor de todos os membros do BTS e talvez seja por isso que ele conseguiu ter um vínculo especial com cada um deles, já que possivelmente o veem como um irmão mais novo e gostam de estar ao seu lado.

Apesar de ser o menor, Jungkook tem seus objetivos muito fixos. Ele sabe perfeitamente que o caminho para o sucesso é a perseverança e a dedicação em tudo que faz, e ainda conta com a opinião de seus pares mais adultos.

Isso se reflete em sua grande fortuna e ativos, pois foi recentemente anunciado que Jungkook adquiriu um apartamento em uma boa área, como seus colegas e isso foi aprovado por especialistas que afirmam “foi um bom investimento”.

Em um vídeo feito pela K Girl, ele mostra em 11 minutos um pouco da vida e dados secretos de Jungkook, além dos luxos do jovem e no que ele gasta. Ele também revela que a fortuna do astro do BTS está somado em 8 milhões de dólares (mais de 43 milhões de reais).

LEIA TAMBÉM: Compositor critica arrogância de Gusttavo Lima após ficar milionário com hit do cantor

Jungkook é sem dúvida um dos mais jovens artistas a ter uma fortuna tão exorbitante!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio