Roupa Nova deixa “microfone vazio” em primeiro show após morte de Paulinho

Publicado em 13/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O lendário grupo Roupa Nova fez hoje sua primeira apresentação depois da morte do vocalista Paulinho, que morreu em dezembro aos 68 anos após complicações por causa da covid-19. O músico estava se recuperando de um transplante de medula óssea feito três meses antes de falecer. No decorrer do período de reabilitação, o músico contraiu a doença causada pelo novo coronavírus, precisando de internação no começo de novembro

O show em formato de live foi transmitido pela Band do Golden Hall do WTC, em São Paulo, e trouxe o jornalista Zeca Camargo na apresentação. Hits que marcaram gerações como “Sol de Verão”, “Seguindo no Trem Azul”, “Volta pra Mim” e “Felicidade” fizeram parte de setlist do grupo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

No decorrer da performance, os músicos dedicaram a canção “Meu Universo É Você” como uma homenagem a Paulinho. No decorrer da música “Os Corações Não São Iguais”, foi colocado um pedestal com um microfone vazio na frente do palco. Ao fundo, o telão passou a exibir imagens do falecido músico.

Serginho Herval, Kiko, Nando, Ricardo Feghali e Cleberson Horsth — integrantes da banda desde o seu início — se juntaram a Fábio Nestares, que fez parte da Rádio Taxi, na apresentação.

“Nós, sim, estamos aqui para manter a memória dessa amizade vida. Cada nota, cada acorde, vai ter o Paulinho. De coração, de abraço e de memória, ele vai estar aqui. O Paulinho já estava comprometido e já vinha se despedindo de nós havia algum tempo”, disse Nando, integrante do Roupa Nova.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio