Rolling Stones
A lendária banda britânica The Rolling Stones (FOTO: Reprodução)

Far Out Magazine desenterrou uma história por trás de uma música emocionante dos Rolling Stones. O single “Wild Horses” é um clássico extremamente comovente.

Segundo publicado, “Wild Horses” foi originalmente gravada pela banda em 1969, entretanto, por problemas legais, demorou dois anos para conseguir lançar.

Em vez disso, Gram Parsons convenceu Mick Jagger e Keith Richards a deixá-lo regravar a música com sua banda, The Flying Burrito Brothers – e essa versão acabou sendo lançada antes, em 1970.

Os rabiscos de “Wild Horses” surgiram como um desabafo de Richards em relação ao arrependimento que ele sentia por deixar a família para trás após o nascimento de seu filho, Marlon para sair em turnê com a banda.

As letras de Richards não deram certo e Mick Jagger decidiu construir uma faixa inteiramente nova, mas em torno do belo verso de Richards: “Cavalos selvagens não poderiam me arrastar para longe.”

LEIA TAMBÉM: Compositor critica arrogância de Gusttavo Lima após ficar milionário com hit do cantor

Essa frase, como Richards aponta, é deixada aberta à interpretação do ouvinte e permite que cada um associe as palavras à própria vida. Isso foi exatamente o que Jagger fez quando transformou o verso.

No encarte da coletânea da banda de 1993, Jump Back: The Best of The Rolling StonesJagger negou que a música fosse sobre Faithfull, afirmando: “Lembro-me que sentamos originalmente para fazer isso com Gram Parsons, e acho que sua versão saiu um pouco antes da nossa. Todo mundo sempre diz que eu escrevi isso para Marianne, mas acho que não; tudo estava bem acabado.”

Foi um daqueles momentos mágicos em que as coisas se encaixam”, escreveu Richards em sua autobiografia, Life (2010). “É como ‘Satisfaction’. Você apenas sonha e, de repente, está tudo em suas mãos.

Leia a letra e em seguida ouça a música:

A infância é algo fácil de viver
As coisas que você queria, eu comprei pra você
Dama sem graça, você sabe quem eu sou
Você sabe que não posso deixar você deslizar pelas minhas mãos

Cavalos selvagens não conseguiriam me levar embora
Selvagens, cavalos selvagens não conseguiriam me levar embora

Eu assisti você sofrer uma dor lancinante
Agora você decidiu me mostrar o mesmo
Nenhuma saída ligeira ou falas nos bastidores
Podem me fazer sentir amargurado ou lhe tratar com grosseria

Cavalos selvagens não conseguiriam me levar embora
Selvagens, cavalos selvagens não conseguiriam me levar embora

Eu sei que eu sonhei para você um pecado e uma mentira
Eu tenho minha liberdade, mas não tenho muito tempo
Fé foi quebrada, lágrimas precisam ser choradas
Vamos viver algo depois de morrermos

Cavalos selvagens não conseguiriam me levar embora
Selvagens, cavalos selvagens não conseguiram me levar embora
Cavalos selvagens não conseguiriam me levar embora
Selvagens, cavalos selvagens cavalgaremos neles um dia