ladygaga
A cantora estadunidense Lady Gaga (FOTO: Divulgação)

Hackers fizeram um ataque cibernético ao site do advogado Allen Grubman, exigindo US$ 21 milhões (cerca de R$ 123,6 milhões) e ameaçando revelar detalhes íntimos dos clientes da empresa. O prestigiado escritório de advocacia possui clientes como Elton John, Lady Gaga, Barbara Streisand, Robert De Niro, Madonna, Drake, Nicki Minaj, Mariah Carey, U2 e Rod Stewart. O site da Grubman Shire Meiselas & Sacks segue fora do ar e os hackers declaram estar em posse de nada menos que 756 gb de dados, incluindo contratos e emails pessoais dos clientes. Uma captura de tela que supostamente seria atribuída a um contrato de Madonna já foi divulgada.

One World: Together At Home tem Lady Gaga como organizadora (Foto: getty images)

Informantes disseram ao portal Page Six que o FBI segue investigando o caso, e o escritório de advocacia de Nova York já avisou sobre a invasão aos seus clientes famosos. “Os hackers entraram no sistema enquanto todos estavam focados no coronavírus. Achamos que, mas não há confirmação, os hackers sejam do Leste Europeu. Eles estão exigindo um resgate de US$ 21 milhões e a empresa não está negociando com eles”.

VEJA TAMBÉM: Filho de Carla Perez e Xanddy se torna um homem lindo e rouba a cena no Instagram

A cantora Madonna em um show da turnê Madam X (Foto: Instagram)

A fonte explicou que “a empresa tem detalhes sensíveis sobre tudo – contratos de trabalho, acordos confidenciais e acordos de endosso para as maiores estrelas de Nova York e Hollywood”. A empresa advocatícia se manifestou através dum comunicado: “Podemos confirmar que fomos vítimas de um ataque cibernético. Notificamos nossos clientes e nossa equipe. Contratamos especialistas do mundo especializados nessa área e estamos trabalhando o tempo todo para resolver esses problemas”.