Segundo pai de Britney Spears, tutora alegou que cantora está ‘mentalmente doente’

Publicado em 6/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O pai de Britney Spears, Jamie, afirmou que ela está tão “mentalmente debilitada” que sua tutora pessoal, Jodi Montgomery, considerou interná-la para tratamento psiquiátrico.

Em novos documentos legais, ele diz que a tutora Jodi Montgomery o chamou em julho parecendo “muito preocupada” com a saúde mental de Britney.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com Jamie, em documentos obtidos pelo TMZ, Jodi disse a ele que a cantora não estava “tomando seus medicamentos no momento certo ou de maneira adequada e não estava ouvindo as recomendações de sua equipe médica”. Britney também supostamente “se recusou até mesmo a ver alguns de seus médicos”.

Durante a suposta ligação em 9 de julho, Jodi estava preocupada com o comportamento recente da estrela pop de 39 anos e pediu ajuda a Jamie, embora ele dissesse que não seria possível.

Jamie alegou que disse a ela que não tinha mais informações médicas sobre Britney, o que levou Jodi a questionar se colocar a cantora em uma clínica psiquiátrica seria a melhor opção. Poucos dias depois, de acordo com ele, a tutora mudou de ideia e enviou um e-mail dizendo que não seria necessário.

Pai de Britney Spears teria desviado mais de R$ 2,8 milhões

A batalha de Britney Spears contra a tutela do pai acaba de ganhar novos capítulos. De acordo com documentos legais apresentados pelo advogado dela, Matthew Rosengart, Jamie Spears desviou US$ 541 mil (cerca de R$ 2,8 milhões) da fortuna da filha para “gastos com mídia”. As informações são do site TMZ.

O pai de Britney, Jamie Spears (Foto: Reprodução)

O advogado da cantora pede ao juiz para adiar a data da audiência sobre a remoção de Jamie do final de setembro para agosto. Rosengart afirma que o pai da cantora é uma ameaça à vida financeira dela.

Houve uma evidente dissipação de ativos dos bens da Senhorita Spears. E essa dissipação continua acontecendo.”, diz o profissional. Além disso, ele afirma que, só com advogados, Jamie teria gastado US$ 1,3 milhão da fortuna da artista entre outubro de 2020 e junho de 2021.

Rosengart também afirma que a saúde mental de Britney Spears também está sendo prejudicada. Ele diz que todos os dias que Jamie permanece como tutor, ela sofre com o trauma e perde o sono. O advogado cita a tutora pessoal de Britney, Jodi Montgomery, que diz: “A destituição de Spears como conservador é fundamental para a saúde emocional e bem-estar de Britney.”

Tutora de Britney Spears também quer saída de Jamie

A batalha entre o pai de Britney Spears e sua tutora, Jodi Montgomery, está fervendo. Jodi quer Jamie fora da tutela e diz que os médicos de Britney concordam.

De acordo com os novos documentos legais, obtidos pelo site, Jodi está oficialmente se juntando à oferta de Britney para remover Jamie do cargo de tutor do espólio da cantora

Nos documentos, Jodi diz que é do interesse de Britney que Jamie seja mandado embora, além disso, ela afirma que a equipe médica de Britney quer que Jamie saia também. Este é um grande desenvolvimento e pode significar o fim do papel de Jamie na tutela. Se seus médicos e terapeutas acham que a presença de Jamie está atormentando Britney, isso provavelmente é o suficiente para o juiz expulsá-lo da tutela.

VEJA TAMBÉM: Selena Gomez mostra corpão ao posar de biquíni desenhado por ela

Jodi deixa isso claro nos documentos, ela quer que Jason Rubin seja nomeado tutor no lugar de Jamie. Como dissemos antes, Rubin é a escolha de Britney para substituir seu pai. Ele é um contador com credenciais que o advogado de Britney, Mat Rosengart , presumivelmente acredita que faz de Rubin uma boa escolha para lidar com os negócios de Britney.

Resumindo, Britney Spears e Jodi parecem ter formado uma frente unida e estão indo a todo vapor para expulsar Jamie.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio