A cantora tejana Selena (Reprodução: Internet)

A cantora estadunidense Selena Quintanilla de origem mexicana ficou mundialmente conhecida como a “rainha do tejano”, um gênero musical de música folclórica e popular que se originam entre as populações mexicanas-americanas do Texas. A cantora foi a primeira latina entrar na Billboard 200, tendo o seu álbum entre um dos mais vendidos nos Estados Unidos.

Na época, 52% de todas as músicas vendidas da região eram geradas pelas músicas de Selena, afirma Guadalupe San Miguel Jr, da Universidade de Houston. Através dela, a música tejana se tornou popular nos Estados Unidos, sendo uma das principais contribuidoras do cenário musical.

Em 1994, a cantora lançou o disco “Amor Prohibido”, que foi um grande sucesso em todo o país. Outro álbum muito conhecido, foi o “Dreaming of You” cantado todo em espanhol, que fez com que Selena chegasse no topo da Billboard 200 em 1995, ano esse, que também aconteceu uma grande tragédia.

A enfermeira Yolanda Saldívar se tornou presidente do fã-clube de Selena e parceira de negócios da artista, após seguir a cantora em diversos shows e nunca esconder sua admiração. Em 1995, a família Quintanilla que também era envolvida nos negócios, descobriu que Yolanda estava desviando dinheiro e recebendo reclamações de diversos fãs que não gostavam da postura dela. Ao que que tudo indica, ela desviou aproximadamente 60 mil dólares.

Na primeira semana de março de 1995, Saldívar foi demitida de ambos cargos, só que tinha um problema, a ex-funcionária estava com vários documentos e registros financeiros da empresa. Depois dela recusar devolver os documentos, Selena conseguiu marcar um encontro para pegar esses documentos que não há pertenciam.

Yolanda estava em um motel chamado “Days Inn” na cidade de Corpus Christi, no Texas e Selena foi ao seu encontro. A mulher tinha comprado uma arma, que também estava no quarto.

Ao ser colocada na parede por Selena, a fã apontou o resolver para ela e quando a cantora tentou correr, levou um tiro nas costas. Ainda com vida, ela conseguiu sair do quarto baleada para pedir ajuda, chegou ao saguão do motel, mas no caminho do hospital, ela sofreu uma parada cardíaca e por volta das 13H foi declarada morta.

Veja também:

Gal Costa desafia Marília Mendonça e cantora recusa a ação contra Bolsonaro

Uma marcante carreira foi cancela com sua morte aos 23 anos de idade. Yolanda Saldívar tentou fugir, mas foi presa e condenada à prisão perpétua nos Estados Unidos. Ela tem tentado nos últimos anos a liberdade condicional, mas todas foram negadas. Agora só poderá solicitar novamente o pedido em 2025.

No julgamento, Yolanda alegou que tentou tirar uma própria vida, mas acabou acertando na Selena. O júri, não acreditou na versão e foi considerada culpada de assassinato em primeiro grau na morte da artista.

No dia seguinte, primeiro de abril de 1995, a rádio KEDA-AM divulgou o falecimento da cantora, mas os fãs não acreditaram, por se tratar do dia da mentira. Quando outros veículos começaram noticiar, o desespero e tristeza começou tomar conta de todo o país.

O governador do Texas, George W. Bush, lamentou a morte da cantora na época e falou que a artista era: “a essência da cultura do sul do Texas”. George também anunciou o Selena Day, um dia de homenagem para que a cantora nunca fosse esquecida.

Veja um dos seus grandes sucessos: