Longe dos holofotes da mídia por vontade própria, Selena Gomez resolveu abrir uma exceção e deu uma entrevista para o podcast da marca Coach, chamado “Dream It Real”. Entre os destaques abordados no bate-papo com a cantora houve a menção de que realmente haverá um álbum novo dela em 2019.

Selena revelou que optou por fazer um disco sem nenhuma participação especial ou colaboração, depois de se manter nas paradas com tantas parcerias recentes. “Trabalhando nesse álbum, eu queria que fosse apenas eu, toda eu. Todas as músicas são sobre histórias que vivi. Neste sentido, não acredito que haveria alguém que contaria minha história melhor do que eu mesma. Eu realmente queria meio que viver minha história um pouco e criar algo que fosse significativo para mim”, revelou.

VEJA TAMBÉM: Nova música de Taylor Swift ganha suposta data de lançamento

Selena Gomez também aproveitou a conversa para explicar sua decisão de se afastar do Instagram, quando ainda era a pessoa mais seguida do mundo na rede social. “Não é saudável para mim estar ali o tempo inteiro, porque me dei conta que eu ficava deprimida vendo todas essas pessoas lindas e maravilhosas. Isso me deixava para baixo, então acho que dar pausas é realmente importante. E saber que a maior parte daquilo não é real. Eu odeio dizer isso, não quero ser rude, mas é muito irreal de várias maneiras, e acho que para mim, eu quero proteger a geração mais jovem, porque eles são expostos a muita informação e sinto que isso causa muita ansiedade”, ressaltou a cantora.

Selena se recorda que, desde cedo, sentia a cobrança para ser perfeita por causa das exigências contratuais do Disney Channel. “Estar ali me ensinou muito sobre ser um modelo para as outras pessoas, sabe? Eles eram muito claros sobre serem perfeitos, eu acho, apenas se certificando de que você estava sendo uma boa influência para as pessoas. Sou grata por ter tido essa oportunidade, porque entendo o que uma plataforma significa”, afirmou a norte-americana.