selena-gomez
A cantora norte-americana Selena Gomez (FOTO: Divulgação)

A revista People buscou fontes ligadas à cantora Selena Gomez depois que a cantora foi internada segundo informação publicada na noite de quarta-feira (dia 10). De acordo com o site da publicação, a artista acabou sendo hospitalizada duas vezes num intervalo de uma semana, ambas por baixa contagem de plaquetas. O diagnóstico é um efeito colateral comum em pacientes que tiveram rins transplantados.

Porém na segunda visita, de acordo com a revista People, Selena Gomez teve um ataque de pânico e “percebeu que ela precisava de ajuda adicional pelos seus problemas emocionais”. “Ela está cercada de familiares e tem muito apoio. Ela está melhor agora e procurando tratamento na Costa Leste”, disse uma fonte da revista próxima à cantora.

VEJA TAMBÉM: Anitta irá se apresentar em Hollywood no Latin American Music Awards

Ainda segundo a People, “Selena Gomez está em uma terapia comportamental dialética, um método terapêutico para ajudar a identificar e posteriormente mudar o pensamento negativo e padrões comportamentais”.

A internação de Selena aconteceu dias depois que a cantora anunciou que tiraria um tempo de descanso das redes sociais. “Por mais que eu seja agradecida pela voz que as redes sociais dão a cada um de nós, eu sou igualmente agradecida por poder dar um passo atrás e viver a minha vida no presente momento que foi me dado. Bondade e coragem por apenas um momento. Apenas lembre-se – comentários negativos podem magoar os sentimentos de alguém. Obviamente”, escreveu. Nesta semana, o clipe de “Taki Taki” que conta com a participação de Selena e Cardi B foi divulgado no YouTube.