Sem medo! Cher detona Donald Trump e diz querer ele preso

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cher é famosa por se posicionar sem medo sobre assuntos políticos – tendo criticado publicamente personalidades como George Bush, Jair Bolsonaro e Donald Trump diversas vezes.

No mês passado, o ex-apresentador do ‘Aprendiz’ perdeu a eleição geral para Joe Biden, que o substituirá na Casa Branca. Porém, ele deixou claro que não está preparado para sair do cargo sem lutar, desafiando os resultados das eleições.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Indignada com a situação do país, Cher insistiu que Trump deveria ser processado por colocar os americanos contra si mesmos com sua política divisionista. Para o jornal The Guardian, a cantora chamou ele de “tóxico”.

VEJA TAMBÉM: Billie Eilish faz duras críticas a Donald Trump durante live: “O pior de todos”

Pessoas que apenas discordavam umas das outras antes, agora são inimigas“, disse. Ela ainda acrescentou: “Odeio até chamá-lo de presidente porque tudo o que ele faz é assistir TV“.

FOTO: Reprodução

A artista disse que percebeu que Trump estava tentando bloquear Joe Biden a todo momento: “Ele é a pessoa mais vingativa que já testemunhei. Acho que ele está lutando tanto porque ele será processado quando sair da Casa Branca“.

Questionada se acha que a prisão pode estar no futuro de Trump, ela acrescentou: “Espero que sim. Vou dançar por aí“. O ícone da música ainda disse que consegue ver amor pela América até em Bush, mas não em Trump.

Não gostei muito de Bush quando ele começou aquelas guerras (…). Mas a única coisa que sei é que [Bush] ama a América e Trump não“, refletiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio