rita cadillac
A cantora e ex-chacrete carioca Rita Cadillac (FOTO: Reprodução)

Não são somente os “anônimos” que seguem com problemas causados pela pandemia do novo coronavírus. Precisando do auxílio emergencial oferecido pelo governo por causa do surto da Covid-19 no país, a dançarina e cantora Rita Cadillac resolveu dar entrada no pedido do auxílio emergencial.

A ex-Chacrete fez a solicitação dos R$ 600 pois ela segue sem trabalhar desde o começo de março, mês onde muitas atividade econômicas entraram em paralisação por causa da pandemia. Rita Cadillac explicou que os valores caíram num bom momento e que a quantia vai lhe ajudar a pagar as contas mensais.

Rita falou sobre o assunto num vídeo enviado ao quadro A Hora da Venenosa, no Balanço Geral (Record), e contou que já perdeu alguns amigos devido à pandemia da covid-19 e que um de seus sobrinhos segue internado por causa da doença.

Pedi o auxílio sim. Como cidadã, pedi sim e, graças a Deus, veio em muito boa hora, porque ajudou a pagar a luz, a pagar telefone, a pagar tudo”, afirmou a ex-chacrete. “Eu, como cidadã, achei que tinha esse direito, e foi aceito. Estou sem trabalhar desde março, então só sai dinheiro, não entra”.

O programa Fofocalizando do SBT discutiu o assunto entrando na questão dos “direitos” de uma pessoa famosa em pedir o recurso.

VEJA TAMBÉM: De maiô, filha de Kelly Key e Latino surpreende por semelhança com a mãe