Sequestradores não sabiam que cachorros eram de Lady Gaga

5 pessoas foram detidas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há uma grande atualização no caso do sequestro dos cachorros de Lady Gaga. Para quem não se lembra, em 24 de fevereiro, o passeador de cães Ryan Fischer andava com os três cães da artista quando foi atacado por dois criminosos. Ryan foi baleado no peito e os atacantes fugiram com dois dos cães enquanto o terceiro conseguiu escapar.

Agora, de acordo com a polícia, foi revelado que os criminosos responsáveis pelo sequestro de dois cachorros da cantora, não sabiam que os cães pertenciam à artista. As informações são do jornal The Independent.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os três criminosos responsáveis pelo sequestro são James Jackson, Jaylin White e Lafayette Whaley, presos há uma semana. Além de levar os animais, eles balearam o profissional que fazia o passeio com eles na região de San Fernando Valley.

Na época, Lady Gaga ofereceu uma recompensa de 500 mil dólares pela devolução dos cães e dias mais tarde, os dois cachorros roubados foram levados para uma delegacia de polícia depois de terem sido encontrados num beco.

VEJA MAIS: As 5 músicas mais incríveis de Suga, do BTS

Presos:

Pois bem, nesta quinta-feira (29), foi anunciado que cinco pessoas foram presas pela Polícia de Los Angeles e uma das prisões é surpreendente.

De acordo com TMZ, três das cinco pessoas presas foram as que estiveram envolvidas diretamente no crime. A publicação relata que elas foram detidas por tentativa de homicídio e roubo.

Supostamente, uma das cinco pessoas é o pai de um dos sequestradores de cães. Acredita-se que ele contratou uma mulher para deixar os cães na delegacia e pedir o dinheiro da recompensa. A mulher que devolveu os cães foi a quinta prisão. Quando os cães foram devolvidos, acreditava-se inicialmente que a mulher não tinha qualquer associação com o rapto dos cães, mas agora parece que a teoria mudou.

Segundo o site, os polícias afirmam que “o pai e as 3 pessoas detidas por tentativa de homicídio são todos membros de gangues conhecidas”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio