lily allen
A cantora britânica Lily Allen (FOTO: Reprodução)

Lily Allen disse que está fazendo implantes mamários para poder entrar no Only Fans – rede social com conteúdo para adultos -, depois de ouvir o “conselho” de um chanceler conservador para artistas desempregados.

A cantora, que se apresentou em um show lotado no Brasil no ano passado, não conseguiu sair em turnê ou se apresentar em festivais este ano devido às regras de distanciamento social que a pandemia do coronavírus provocou.

A artista, assim como vários outros britânicos, se sentiu negligenciada durante este período por conta da falta de apoio do governo ao setor cultural.

VEJA TAMBÉM: Radialista afirma que Adele lançará um álbum em novembro

A crítica de Lily veio após o chanceler Rishi Sunak aparecer em rede nacional sugerindo que músicos e outras pessoas que trabalham com arte em geral, deveriam se reinventar e encontrar outros empregos.

Por conta disso, a morena fez um “jogo” de perguntas com os fãs no Instagram onde disse: “Como eu poderia me reinventar?”.

Respondendo à sugestão de Sunak, Lily compartilhou um print da entrevista dele e brincou que iria se juntar à rede social.

“Fazer vários implantes e iniciar o OnlyFans”, provocou Lily Allen. Mas a cantora não foi a única pessoa da classe artista a ironizar a fala do chanceler.

Damon Michael Gouch, vocalista do Badly Drawn Boy disse: “Eu sugiro que Rishi enfie meus discos na b*nda dele!”.

Lily Allen lançou em 2018 seu último álbum de estúdio, ‘No Shame’, que conta com mais de 60 milhões de streamings. Além disso, a cantora têm diversos sucessos eternizados pelo público, como ‘Fuck You’ – dedicada à Jair Bolsonaro na último vinda da cantora ao país -, The Fear, Not Fair e Smile.