michael jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução)

Sexo, drogas e rock & roll: este seria o slogan perfeito para descrever algumas das festas organizadas por Freddie Mercury.

Porém, isso não agradava muito Michael Jackson. Em uma de suas festas, o Rei do Pop flagrou o vocalista do Queen cheirando cocaína em uma cédula de 100 doláres e ficou extremamente desapontado com a postura do amigo.

O descontentamento foi tanto, que Michael descartou uma parceria entre eles que, supostamente, faria parte do álbum Mr. Bad Guy.

VEJA TAMBÉM: Kanye West faz revelação sobre quem matou Michael Jackson

A voz de ‘I Want To Break Free’ havia falado sobre essa diferença entre eles: “Eu acho que ele agora fica em casa. Ele não gosta de sair. Não sou esse tipo de pessoa. Eu não faria isso. Eu ficaria entediado até a morte. Eu saio todas as noites. Eu odeio ficar em um quarto por muito tempo de qualquer maneira”.

Antes do ocorrido, a voz de ‘Thriller’ tinha uma grande admiração por Freddie, a ponto de uma vez ser perguntado se era fã de Queen e responder: “Sou fã de Freddie Mercury”.

Elton John foi outro astro que se surpreendeu com o tanto de drogas que Mercury usava: “Freddie Mercury era capaz de me superar nas festas, o que já quer dizer alguma coisa. Ficávamos acordados por noites, sentados ali às 11 da manhã, ainda voando alto”.

FOTO: Reprodução