A dupla sertaneja Pedro Motta e Henrique (Foto: Divulgação)

A dupla Pedro Motta e Henrique está sendo acusada de transfobia após o lançamento do single Lili, na última sexta-feira (18). A faixa fala a respeito de um encontro no qual uma travesti não teria revelado ao seu parceiro que não tinha uma genitália feminina. Imediatamente, a web reagiu e disse que o termo “um travesti” foi desrespeitoso, de modo que a nomenclatura correta é “uma travesti”.

A travesti e influencer Aline Durso utilizou seu twitter para falar sobre o quão errado foi a atitude dos artistas. Ela ainda questionou o motivo pelo qual o Spotify e o YouTube não censuraram a música.

VEJA TAMBÉM: Criador de série famosa DETONA participação de Justin Bieber: “Problemático”

Em um vídeo, Pedro Motta e Henrique se defenderam e disseram que não imaginavam que a nomenclatura estava errada e afirmaram que não são preconceituosos. A declaração, porém, não ajudou a minimizar a onda de ataques nas redes sociais dos artistas. Veja o depoimento na íntegra:

Até o fechamento desta matéria, o clipe oficial de Lili já somava 21 mil “disllikes” contra 3,6 mil “likes”.