Seu Jorge é condenado a pagar indenização de R$ 500 mil em processo judicial

Publicado em 31/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Seu Jorge perdeu mais um capítulo na briga judicial que trava com a família do compositor Mario Lago (1911-2002). O processo também inclui a gravadora Universal Music e a Cafuné Produções como réus. As informações são do jornal “O Globo”.

A batalha judicial ocorre desde 2007, por causa do uso indevido da canção “Ai que saudade da Amélia” na música “Mania de peitão”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de recorrer da decisão dada em primeira instância, que o condenou a pagar R$ 500 mil aos herdeiros de Lago, em 2019, o cantor foi novamente condenado a indenizar a família no mesmo valor.

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

A Justiça entendeu que dois trechos da canção de Lago foram usados por Jorge em “Mania de peitão”, que aparece no álbum “Cru” e nos DVDs “Seu Jorge” e “Live in Montreux”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio