shawn mendes
(FOTO: Reprodução)

Shawn Mendes costuma fumar maconha. O cantor canadense de 20 anos fez a revelação em sua entrevista de capa para a revista Rolling Stone, dos Estados Unidos. A matéria completa foi divulgada nesta segunda (dia 26) e chamou atenção também pelos trechos em que ele finalmente revela o que todo mundo suspeitava: ele realmente chegou a ficar com Hailey Baldwin, antes da modelo se tornar noiva de Justin Bieber.

O uso de maconha surgiu na entrevista quando ele comentou detalhes da comemoração de seu 20º aniversário em Amsterdã. Shawn Mendes revelou que acabou visitando os famosos “coffee shops” da cidade holandesa, onde a compra e o uso de maconha são permitidos.

“Eu amo maconha”, revela Shawn, “eu não tuitaria isso – não ainda, pelo menos – mas é realmente bom para mim. Quando estou em casa, vou fumar e depois tocar violão por sete horas”. Vale lembrar que foi somente em junho deste ano que Shawn falou abertamente sobre consumir álcool, já que ele não tem idade legal para beber nos Estados Unidos (21), mas no Canadá os jovens são autorizados por lei a beberem desde os 19 anos. Na época, Shawn revelou que “bebe horrores quando vai pra casa” e que “só não bebe nos Estados Unidos”.

VEJA TAMBÉM: Sidney Magal revela que já criticou muito Pabllo Vittar: “Ela grita muito”

Ainda na entrevista à Rolling Stone, o cantor afirmou que também cogita em algum momento consumir cogumelos após vê-los sendo vendidos em Amsterdã. “Eu quero muito. Acho que pode me ajudar muito”, revelou sugerindo que os fungos possam lhe ajudar criativamente.

Ainda sobre seu affair com Hailey Baldwin no primeiro semestre de 2018, o cantor canadense revelou que “sabia que eles eram mais do que amigos, mas ainda estava relutante em chamar aquilo de relacionamento”. “Eu não quero nem colocar um rótulo nisso. Eu acho que era mais uma zona de limbo”, comenta o artista, que compareceu ao MET Gala em maio acompanhado da modelo. Porém no mês seguinte, no entanto, ela se envolveu com Justin Bieber e logo depois noivou e acabou se casando.

Eu soube disso e mandei uma mensagem para ela: ‘parabéns’. Eu realmente fico feliz por seu casamento. Ela ainda é uma das pessoas mais legais que conheço. Ela não é apenas uma pessoa bonita por fora, mas ela tem um dos corações mais bonitos que já conheci. Eu acho que sou um idiota por não… você sabe. Mas você não pode controlar seu coração” revelou.

Shawn também comentou as especulações sexuais que lhe acompanham desde o início da carreira. O canadense revelou que odeia a sensação de ter que provar para o púbico que não é gay.

“No meu coração, sinto que tenho que ser visto em público com alguém – tipo uma garota – para provar às pessoas que não sou gay. Ainda que, no meu coração, eu saiba que isso [ser gay] não é uma coisa má, há uma parte de mim que pensa isso. E eu odeio essa parte de mim”, revelou o artista.

Um momento interessante da entrevista são os comentários de Shawn sobre sua participação na turnê mais recente de Taylor Swift. A cantora postou um vídeo maquiando Shawn Mendes e na hora, ele não achou nada demais.

Em uma noite, ao dormir, acabou acordando e suando frio. “Eu me sentia doente. Eu pensava ‘putz, por que eu deixei ela postar isso? Eu acabei de botar lenha na fogueira!”. Shawn diz que, no fim das cantoras, ficou feliz de poder mostrar um lado mais feminino. O cantor lembra que foi criado junto com 15 primas, trançando cabelo e pintando unhas. “Talvez eu seja um pouquinho feminino, mas é assim que eu sou. É por isso que eu sou eu”.

Ainda sobre o assunto, Shawn Mendes explica que essas especulações fazem mal a quem realmente faz parte da comunidade LGBT e talvez não se sinta ainda preparado para se assumir publicamente. “Eu pensei ‘vocês estão com muita sorte por eu não ser gay temendo me assumir’. Isso é algo que mata as pessoas. [A questão] É sensível assim. Você gosta das músicas? Gosta de mim? Quem se importa se eu sou gay?”.