Simone e Simaria negam ter recebido R$ 1 milhão para fazer propaganda do Governo Bolsonaro

Publicado em 14/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com uma matéria publicada por Guilherme Mazieiro, do site The Intercept Brasil, o Governo de Bolsonaro pagou ao menos R$ 4,3 milhões para apresentadores de TV, radialistas, influencers e Simone e Simaria fazerem merchandising de seu governo.

De acordo com a matéria, no topo da lista de quem recebeu cachê estão Simone e Simaria. O governo teria pago R$ 1 milhão para a dupla, que vendeu sua imagem para falar sobre o Combate à Violência Contra a Mulher. Contudo, a dupla negou em um extenso comunicado enviado à imprensa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O escritório responsável pelo gerenciamento da carreira artística da dupla Simone & Simaria, informa que as notícias recentemente veiculadas não correspondem aos fatos. A dupla não prestou serviço ou foi contratada pelo governo, muito menos recebeu o cachê mencionado. Em Outubro de 2019, antes da pandemia, a dupla Simone & Simaria, foi, mediante intermediação da gravadora, contratada por Agência Publicitária para a participação como “garotas propaganda” de campanha direcionada ao combate da violência doméstica. Nesse contexto, destacando a desconformidade da matéria quanto ao cachê contratado, a atuação da dupla pautou-se na defesa das mulheres e denúncia da violência contra a mulher, portanto sem qualquer ligação com a pandemia do COVID-19 ou com o governo federal em si. Certa da suficiência dos esclarecimentos prestados, o escritório da dupla Simone & Simaria afirma que o nome da dupla não tem ligação com a pauta. As irmãs seguem promovendo seus trabalhos musicais e artísticos, atrelando-se à alegria e o carinho direcionados aos fãs e todo o público nacional e internacional, com total responsabilidade social”.

Mais detalhes da matéria do The Intercept Brasil:

À CPI da Covid, a Secom enviou 263 notas fiscais sobre “pagamento de cachê”, que juntas somam R$ 4.846.601,72. Entre esses documentos, o Intercept analisou 139 notas, que somam R$ 4,3 milhões. Foram considerados valores mais altos e desconsiderados pagamentos para emissoras locais com valores menores. Nas 263 notas sobre “pagamento de cachê”, não aparecem a TV Globo e afiliadas. A empresa é líder em audiência no país e um dos meios de comunicação que o presidente frequentemente ataca e chama de “lixo”.

No topo da lista de quem recebeu cachê estão Simone e Simaria. O governo pagou R$ 1 milhão para a dupla, que vendeu sua imagem para falar sobre o Combate à Violência Contra a Mulher.

Top 5 do merchan bolsonarista

  • Simone e Simaria, dupla sertaneja – R$ 1 milhão
  • César Filho, apresentador da Record – R$ 591 mil
  • Ana Hickmann, apresentadora da Record – R$ 357 mil
  • Datena, apresentador da Band – R$ 174, 7 mil
  • Sikêra Júnior, apresentador da RedeTV! – R$ 120 mil

No Twitter, a dupla foi detonada:

Vale ressaltar que muitos internautas surgiram defendendo as cantoras, argumentando que a propaganda foi para falar da violência contra mulher e não para defender o tratamento precoce.

Simone da dupla com Simaria comenta vitória de Bolsonaro: “Que possamos viver em paz”

A cantora sertaneja Simone, da dupla com Simaria, preferiu se manter neutra nas eleições presidenciais no Brasil, mas através do seu Instagram Stories na manhã desta segunda-feira (dia 29), defendeu a sua própria postura em não se posicionar politicamente e desejou um bom governo ao novo presidente eleito, Jair Bolsonaro.

“Espero, do fundo do coração, que o nossa Brasil venha a ser melhor em todos os sentidos. Que nós possamos viver em paz. Que o nosso país seja essa potência que ele é. Que Deus abençoe a vida de vocês. A gente só espera que tenha um futuro melhor”.

VEJA TAMBÉM: Mel B revela que Spice Girls farão grande anúncio no início de novembro

Ainda através do Stories do Instagram a artista contou que mesmo afastada dos palcos por causa do tratamento de tuberculose da irmã Simaria, em breve ela se mudará de Fortaleza para São Paulo: “Bom dia, bebês. Saiu o resultado das eleições, hein, menina… Bom, eu nunca me manifestei, nem me manifesto, não vou falar nada. O meu voto é secreto. Até porque eu moro em Fortaleza hoje em dia, voto em São Paulo porque morei 14 anos da minha vida em São Paulo. Sempre votei lá e tive que justificar. Mas, muito em breve, estarei indo morar em São Paulo. Isso não vai demorar para acontecer”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio