Cantor brasileiro Wilson Simoninha (FOTO: Reprodução)

Outubro de 2020 – “Carregamos um pouco de tudo dentro de nós”. Esse é o mote de Wilson Simoninha que descreve a inspiração para compor o seu novo single autoral, “Nem Ontem, Nem Amanhã”. O single estará disponível a partir do dia 16 de outubro em todas as plataformas de streaming e lojas digitais.

A canção, inédita, aborda a cultura de términos e despedidas, temática versada com bastante frequência na Música Popular Brasileira há muito tempo, desde meados dos anos 1930. Grandes nomes da MPB como Custódio Mesquita, Noel Rosa, Herivelto Martins, Lupicínio Rodrigues, Dolores Duran, Chico Buarque já cantaram sobre sentimentos a respeito de relações que se perderam com o passar do tempo. Atualmente, alguns dos grandes nomes nacionais que cantam sobre este assunto são Alcione e, na música sertaneja, Marília Mendonça. “Eu sei que muitas pessoas se identificam com a letra”, diz Simoninha sobre sua nova composição.

VEJA TAMBÉM: Além de Caetano Veloso, Chico Buarque também revela apoio a Boulos

“A alegria é uma marca registrada minha, mas dentro de mim também existem outros interesses, entre eles temas como ‘dor de cotovelo’, separações (às vezes cercada por esperança e reencontro), distância e encerramentos de ciclos. Tudo isso faz parte de mim e da MPB de uma forma muito forte. Eu comecei a escrever ‘Nem Ontem, Nem Amanhã’ no ano passado, e no começo da pandemia acabei me reencontrando com essa melodia e vi um sentido para essa canção, resultando em uma obra cujo estilo e composição me agradam muito, e agora eu a apresento para o público”, conta o artista, compositor e intérprete da canção.

Os arranjos musicais de “Nem Ontem, Nem Amanhã”, devido à pandemia da Covid-19 e recomendações de isolamento social, foram feitos separadamente, com posterior edição de Bruninho Marques. A canção tem participação especial de Juliana Ripke no piano, Paulo Galvão Filho no violino e na viola, além do músico Renato de Sá no violoncelo. O single é uma obra editada pela S de Samba com masterização de André Dias, coordenação de produção de Simone Rodrigues e Thomaz Cardoso e distribuição pela Ditto Music.