Kaique Alves (OTO: Divulgação)

Kaique Alves, começou a fazer seus vídeos ainda jovem, e conseguiu atingir o sucesso com o clipe ‘Passinho do Romano’.

Os veículos de imprensa e diversos famosos começaram a notar Kaique e nada mais foi normal em sua vida pacata. Virou ‘jovem prodígio’ em matérias do ‘Profissão: Repórter’, da TV Futura, Globo News e Record TV. Até que outro jovem promissor na indústria da música surgiu em seu caminho. Konrad Dantas, o Kondzilla, acabou empresariando o artista do clipe e Kaique entrava para uma das maiores empresas produtoras do gênero funk do Brasil da atualidade.

Ele começou como editor de vídeos e logo foi crescendo dentro da Kondzilla. Hoje, aos 22 anos, Kaique é Diretor Criativo da produtora e seu nome faz parte de grandes projetos, tendo dirigido mais de 350 clipes de funk nacionais, e internacionais. Trabalhou ao lado de nomes como Major Lazer, Tyga, Lexa, Kevinho, MC Kekel, MC Lan e muito mais. Também dirigiu videoclipes de Carlinhos Brown e Lucas Lucco e editou diversos videoclipes, entre eles do MC Guimê, da Karol Conka, do Tropkillaz e dos Racionais MC’s.

VEJA TAMBÉM: Lady Gaga, Madonna e Pabllo Vittar: 10 músicas que você não sabia que eram “cópias” de outras

Por conta de seu trabalho na produtora, viajou o mundo inteiro e acabou de formando em Cinema, na ‘New York Academy’, nos Estados Unidos. Para aquele jovem menino, que jogava futsal no Corinthians e hoje corre o mundo mostrando sua arte, não é pouco não.

Em sua conta no Instagram, que tem mais de 67 mil seguidores, Kaique, mostra o dia a dia das filmagens dos clipes e a rotina de sua vida e viagens pelo mundo. Além disso, também está atuando no mundo da publicidade, tendo trabalhos assinados com Unilever, Spotify, Itaú, Ambev, RedBull, Facebook, Coca-Cola e muito mais.

O Jovem Kaique ainda não ganhou nenhum prêmio, mas já foi indicado em alguns. Representou a Kondzilla em algumas premiações importantes, como o ‘Grammy Latino’, em 2018, em Las Vegas, quando foram indicados a melhor Videoclipe. Ele sonha em ainda trazer para o Brasil alguma estatueta importante como Oscar ou Globo de Ouro. “Sonhos a longo prazo: trazer um Oscar e um Globo de Ouro para o Brasil”, diz o jovem diretor.

Como Kaique é formado em cinema, ele não quer ficar apenas nos videoclipes. Ele sonha em fazer filmes e séries no Brasil e nos Estados Unidos um dia, e quem sabe levar prêmios por isso. Também quer muito ganhar um Grammy e um Grammy Latino como melhor vídeoclipe. “Seria uma realização”, afirma.

Saiba mais sobre Kaique Alves através do Instagram: instagram.com/iamkaiquealves

FOTO: Divulgação