Suga, do BTS, fala sobre fazer tatuagem: “Ainda não sei”

Publicado em 8/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jimin e Jungkook, são até o momento os únicos membros do BTS com tatuagem. Vale ressaltar que na Coréia, as tatuagens são um assunto controverso. Não é ilegal fazer, mas é ilegal fazer uma por um tatuador que não tenha licença médica. De acordo com a lei coreana, as tatuagens são consideradas um “serviço médico” e só são permitidas se o tatuador também for um médico qualificado.

Mas, como Suga se sente em relação às tatuagens? Em entrevista a Grazia em 2016, o entrevistador observou que Suga não tinha nenhum desenho em sua pele. E então ele disse que já teve vontade de fazer:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando eu era jovem, eu realmente queria ter um”, disse Suga. “Mas quando fiz 20 anos, não queria mais. Recentemente, ouvi dizer que Pharrell Williams está removendo suas tatuagens e dizendo que nem mesmo sabe por que as tatuou.”

“Posso querer fazer outra coisa no futuro” , continuou ele. “Eu quero fazer um trabalho de caridade, pode não parecer bom, então estou me contendo.”

“Mas ainda não sei. Eu poderia mudar de ideia e tatuar minhas costas inteiras no ano que vem (risos).” Bom, cinco anos após essa entrevista, Suga, do BTS, ainda não tem nenhuma tatuagem. Será que ele permanecerá assim? Só o futuro pode nos responder!

VEJA MAIS: Girl From Garopaba? Gabriel O Pensador lança hit com produtor de Anitta inspirado em namorada

Tatuagem pode deixar de ser proibida na Coreia do Sul por causa do BTS

A deputada sul-coreana Ryu Ho Jung, do Partido da Justiça da Coreia do Sul, chamou atenção ao publicar diversas fotos do Jungkook, do BTS, em suas redes sociais para anunciar o projeto de lei “Tattoo Up Act“. A proposta visa tornar a tatuagem legal e regulamentada no país.

As leis sul-coreanas determinam que apenas os médicos podem realizar tatuagens, levando à clandestinidade os autênticos profissionais do setor.

Além disso, o governo afirma que as tatuagens destroem a moral, causam desconforto e têm efeitos adversos nos jovens, então não é bom pessoas vê-las na televisão. Então, as celebridades tatuadas costumam ser vistas com bandagens ou maquiagem cobrindo os desenhos.

A deputada quer mudar isso e usou o Instagram para mostrar seu ponto de vista. Ela escreveu uma longo texto que começa com a frase “Tire as bandagens do BTS!”.

“Você já viu curativos no corpo da sua celebridade favorita? Essa visão horrível, que costuma acontecer em nossas transmissões coreanas, é criada pelas regras para esconder tatuagens.”

Ryu Ho Jung critica a decisão e diz como ela prejudica os artistas e o público. “O ‘sistema’ não está acompanhando as mudanças do mundo, que agora respeitam a individualidade e a criatividade dos indivíduos livres. Belas pinturas e palavras maravilhosas de tatuagens que são comuns ao nosso redor são ilegais na Coreia. A Coreia tem mais de 3 milhões de pessoas com tatuagens e tatuagens foram consideradas arte em todo o mundo. Até mesmo os tatuadores locais são reverenciados como artistas de destaque no cenário mundial, mas a Coreia os ignora”.

Ela continuou falando sobre os direitos dos tatuadores, já que as leis trabalhistas não os protegem atualmente. Os tatuadores na Coreia correm o risco constante de perder sua renda e às vezes até ir para a prisão. Ela destaca que seu trabalho também não pode ser tributado porque é ilegal, então também não gera dinheiro ao país.

A deputada espera aprovar a lei para que a tatuagem se torne legal e o governo possa regulamentá-la. A lei definirá os requisitos para a emissão de licenças e permitirá que apenas tatuadores qualificados e habilidosos atuem. Ela ressaltou que isso protegeria os tatuadores e garantiria os direitos das pessoas à gestão da saúde, higiene e segurança.

Vale ressaltar que ela provavelmente usou as fotos do integrante do BTS porque ele é um artista famoso no país, o próprio Jungkook não está envolvido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio