tainá costa
A cantora e influenciadora Tainá Costa (FOTO: Reprodução)

Em menos de 10 dias, Taina Costa nos entregou dois novos singles e videoclipes. O primeiro lançamento de 2020 fora “Aquecimento da Taina Costa 2” com DJ Batata e agora a faixa solo – “Para”. O último é uma parceria com o produtor e cantor Malharo e deve ganhar clipe ainda neste mês de janeiro. Nos versos “já falei pra ele que não vou me curvar”, é possível ter uma ideia da força da artista neste ano que começa. Composta por Emerson Martins, Nina Capelly, Nattalia Alexandrino e Nilson Melo, o novo single valoriza toda a sensualidade que faz jus ao apelido de Tainá, a “Rainha do Quadradinho”. E a potência da participação de Malharo só poderia resultar em uma canção cheias de referências do pop, brega e, claro, do funk. Em entrevista ao Observatório de Música, Taina nos explicou do por que investir em suas versões de “Aquecimento” e muito mais. Confira:

Tainá, a música para você é uma brincadeira ou você realmente tem vontade de seguir carreira como a de youtuber?

Música, pra mim, jamais será brincadeira! Amo o meu trabalho na música! E eu pretendo seguir a carreira de YouTuber porque gosto deste universo. E acho que as duas profissões se complementam.


Por ter iniciado a sua trajetória no Youtube, você não sentiu de certa forma uma resistência com os demais nomes do mercado? Teve algum tipo de preconceito ou tudo aconteceu de forma natural?

Mal sempre falam, críticas sempre terão. Mas escolhi não me abalar com nada disso. Tirando as críticas, tudo foi bem natural.


Tudo começou com “Aquecimento da Taina Costa”, certo? Você imaginava tamanho sucesso?

Foi tudo muito espontâneo e confesso que não imaginei que teria todo esse sucesso. O “Aquecimento da Taina Costa” eu fiz só para eu dançar. Quando vi que deu certo e as pessoas gostaram, só me motivou a continuar cantando. 


Pode falar um pouco sobre o lançamento de Para?

A música Para é um estilo totalmente diferente. Mistura o brega, o 150 e o pop, além da letra ser incrível e bem empoderada. Adorei o resultado!


– Por que escolheu o Malharo?

Sempre admirei o trabalho do Malharo, e, como já tínhamos nos encontrado algumas vezes, decidimos fazer a música juntos.


Você fez o Aquecimento 2. Por que usar o mesmo nome?

A música é bem agitada, me lembrou muito o primeiro Aquecimento. Mas o nome mesmo eu e o DJ Batata só decidimos depois que ela já estava pronta.

E por que Dj Batata desta vez ao invés do Kelvinho?

Na verdade o DJ Batata me convidou para produzir algumas músicas comigo, e lá na hora, no estúdio mesmo, acabamos criando o “Aquecimento 2”.


Vocês irão investir em apresentações para tentar emplacar esse hit no Carnaval?

Com certeza! Vocês podem esperar muitos shows neste carnaval! Estou bem empolgada!