thiaguinho
O músico paulistano Thiaguinho (FOTO: Reprodução)

Tudo teve início no ano de 2015, quando o pagodeiro Thiaguinho e o ator Rafael Zulu resolveram criar o projeto Tardezinha, um show de pagode que se tornou um dos maiores sucessos de bilheteria na história do Brasil.

Depois de percorrer dezenas de cidades brasileiras, num total de 163 edições, o encerramento do projeto foi neste domingo, (dia 15), no Estádio do Maracanã, no Rio, com milhares de ingressos esgotados. Agora o projeto ganhará um devido registro digno de sua grandiosidade. Uma série documental na Globoplay com quatro episódios, trazendo os bastidores das apresentações.

Idealizado de maneira despretensiosa em 2015, o projeto foi criado inicialmente para durar apenas quatro semanas, o ‘Tardezinha’ cresceu e se tornou referência no mercado. O projeto procurava resgatar, a cada edição, a história do samba, do pagode, na companhia de quem colaborou para a trajetória do gênero.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

Ao longo de 4 anos, o Tardezinha passou por 51 cidades do país e deu origem a dois álbuns pela Som Livre. A última edição, na qual foi gravado o especial, contou com público de mais de 40 mil pessoas e reuniu o melhor do repertório do samba e pagode cantado por Thiaguinho e seus amigos.